Início / Agenda / Ministra da Agricultura entrega do projecto de execução da Barragem do Pisão à CIM Alto Alentejo
Hugo Pereira Hilário: Presidente da CIMAA, e presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sôr

Ministra da Agricultura entrega do projecto de execução da Barragem do Pisão à CIM Alto Alentejo

A ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes, estará no concelho do Crato na próxima terça-feira, 14 de Fevereiro, para visitar a Aldeia do Pisão, o local de construção da Barragem do Pisão, e acompanhar a cerimónia de entrega do Projecto de Execução de Infra-estrutura de Regadio do Aproveitamento Hidroagrícola do Crato à Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIM Alto Alentejo), no Mosteiro de Flor da Rosa.

Trata-se de um projecto apoiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) com 120 milhões de euros, dos quais 15,9 milhões foram já transferidos para a CIM Alto Alentejo. A Barragem do Pisão deverá estar concluída até 31 de Dezembro de 2025.

Este Empreendimento tem como objectivos principais a criação de uma reserva estratégica de água de abastecimento público que permitirá o estabelecimento de novas áreas de regadio. Serão instalados painéis fotovoltaicos terrestres de 75 MW (1ª fase) e uma 2ª fase de 65MW de painéis terrestres, além de painéis fotovoltaicos flutuantes de 10 MW.

O Empreendimento de Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos do Crato vai abranger uma área regada de 5.392 hectares.

Visita à Aldeia do Pisão

O evento conta com a participação do presidente do Conselho Intermunicipal da CIM Alto Alentejo, Hugo Pereira Hilário, do director-geral da Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), Rogério Ferreira, e dos presidentes dos 15 Municípios que constituem a CIM Alto Alentejo.

A visita à Aldeia do Pisão terá como propósito tomar conhecimento do processo de actuação para com os habitantes e proprietários da actual localidade, que ficará submersa, seguindo-se a visita ao local de construção da barragem, refere um a nota de imprensa da CIM Alto Alentejo.

A comitiva irá depois reunir-se no Mosteiro Flor da Rosa, para o momento oficial de entrega do Projecto de Execução de Infra-estrutura de Regadio do Aproveitamento Hidroagrícola do Crato à CIM Alto Alentejo, por parte da DGADR. “Este projecto define as futuras áreas de regadio, um aspecto determinante na disponibilidade hídrica para a agricultura na região do Alto Alentejo”, acrescenta a mesma nota.

E realça que “o Empreendimento de Fins Múltiplos do Crato configura-se como um dos mais importantes investimentos alguma vez realizados em todo o Alto Alentejo, com capacidade para modificar de forma significativa as suas oportunidades de desenvolvimento, captação de investimento e sustentabilidade de todo o território”.

Componentes do projecto:

  • Barragem: Albufeira 116,1 hm3 (V médio anual de 57,83 hm3/ano); abastecimento às populações (cerca de 55.000 pessoas) de Alter do Chão, Avis, Crato, Fronteira, Gavião, Nisa, Ponte de Sor e Sousel, e para a irrigação dos blocos de rega.
  • Mini-hídrica: potência instalada de 1,0 MW.
  • Sistema de reforço de abastecimento da barragem de Póvoa e Meadas a partir da Barragem do Pisão: ligação da albufeira a criar até à ETA Póvoa e Meadas para garantia das necessidades de consumo urbano dos concelhos de Alter do Chão, Avis, Crato, Fronteira, Gavião, Nisa, Ponte de Sor e Sousel.
  • Infra-estruturação de áreas agrícolas existentes: inclui estações elevatórias de rega, condutas, reservatórios de regulação e redes de distribuição, redes de rega e beneficiação de acessos agrícolas (área regada de 5.392 há em Alter do Chão, Avis, Crato, Fronteira e Sousel).
  • Central solar fotovoltaica (placas solares, inversores, flutuantes, cablagem de baixa e média tensão): instalação de painéis fotovoltaicos no espelho de água da albufeira e na área adjacente.
  • Realojamento da população da Aldeia do Pisão.

A CIM Alto Alentejo é uma entidade que tem como missão a promoção e a defesa dos interesses comuns dos quinze municípios associados, impulsionando o seu desenvolvimento integrado e sustentado, valorizando parcerias, criando sinergias e maximizando complementaridades. Entre eles estão os concelhos de Alter Do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo De Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Marvão, Monforte, Nisa, Ponte de Sor, Portalegre e Sousel.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

ASAE apreende 9 toneladas de carne imprópria para consumo em entreposto ilegal no distrito de Évora

Partilhar              A ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica procedeu ao desmantelamento e suspensão total …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.