Início / Agricultura / Ministra da Agricultura apresenta PEPAC aos agricultores de Torres Vedras

Ministra da Agricultura apresenta PEPAC aos agricultores de Torres Vedras

A ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, reuniu-se com agricultores e representantes de associações do sector em Torres Vedras, no dia 6 de Novembro, no Auditório do Edifício dos Paços do Concelho. A reunião teve como objectivo apresentar o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC), que será implementado a partir de 1 de Janeiro de 2023.

“Torres Vedras é um concelho onde a actividade agrícola tem um peso profundamente significativo”, referiu a presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Laura Rodrigues, acrescentando que “60 a 70% da nossa economia está ancorada no sector alimentar”.

Laura Rodrigues destacou algumas das preocupações da autarquia em relação ao sector, nomeadamente a necessidade de manter de forma digna a mão-de-obra estrangeira e de solucionar os constrangimentos que se verificaram na aplicação do último quadro comunitário. “Espero que esta nova estratégia vá ao encontro destas nossas preocupações e permita ajudar e dar corpo aquilo que é o trabalho do sector agrícola”, frisou a autarca.

“Queremos é que o solo seja o principal activo para os produtores agrícolas e florestais”

Por sua vez, a ministra da Agricultura e da Alimentação explicou que o PEPAC traz para este ciclo de investimentos uma nova visão para todo o território “baseada numa produção agrícola e florestal que seja inovadora e que seja sustentável”. Maria do Céu Antunes, segundo nota de imprensa da autarquia, acrescentou que “queremos é que o solo seja o principal activo para os produtores agrícolas e florestais, sempre associado ao bom uso dos restantes recursos naturais”, garantindo a sustentabilidade económica, social e ambiental.

Este plano estratégico pretende promover um desenvolvimento integral de todo o território, apostando na partilha e promoção de conhecimentos, na inovação e na digitalização da agricultura. “Nós o que queremos é trabalhar com todos, nomeadamente com os pequenos e médios agricultores, para poderem verdadeiramente tirar partido dos instrumentos que vamos disponibilizar”, sublinhou Maria do Céu Antunes.

O PEPAC contém as intervenções financiadas pela Política Agrícola Comum (PAC) com a atribuição dos Fundos da União Europeia – Fundo Europeu Agrícola de Garantia (FEAGA) e Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER) – sob a forma de pagamentos directos, de medidas sectoriais dos frutos e hortícolas, da vinha e da apicultura e de instrumentos de desenvolvimento rural.

A reunião também contou com a presença do deputado à Assembleia da República, João Nicolau, do director regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, José Lacerda Fonseca, do presidente da Assembleia Municipal, José Correia, e da vereadora do Ambiente e Sustentabilidade da Câmara Municipal, Dulcineia Ramos.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Startup Hefring Marine levanta 2,2 M€ em ronda liderada pela Faber e entra em Portugal

Partilhar              A Hefring Marine, uma startup islandesa de deep-tech especializada em soluções marítimas inteligentes, anuncia hoje, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.