Início / Agricultura / Ministra da Agricultura anuncia novas medidas de apoio ao vinho e apresenta Pólo de Inovação do Douro

Ministra da Agricultura anuncia novas medidas de apoio ao vinho e apresenta Pólo de Inovação do Douro

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, visita este sábado, dia 27 de Novembro, a Adega de Cantanhede, onde irá anunciar novas medidas de apoio ao sector do vinho, nas celebrações do Dia do Associado.

Durante a tarde, a governante, acompanhada do secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Rui Martinho, apresenta o projecto para o Pólo de Inovação do Douro, em São João da Pesqueira, onde será assinado o contrato de parceria para a gestão e dinamização desse mesmo Pólo.

A ministra da Agricultura fará ainda uma visita às Caves da Murganheira, em Tarouca, refere uma nota de agenda do Gabinete da Ministra da Agricultura.

No mesmo dia, o secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural visita o Centro de Formação da Quinta de Santa Bárbara, em Tarouca.

Rede de Inovação

O Ministério da Agricultura detém um conjunto de estruturas de grande relevância para Portugal aptas para a investigação aplicada, desenvolvimento experimental e demonstração, dispersas por todo o País nomeadamente estações experimentais, laboratórios e infra-estruturas de conservação e valorização dos recursos genéticos nacionais destinados à alimentação.

O impacto esperado pelo Ministério por esta rede é:

  • Transformar o conjunto de estruturas dispersas e desarticuladas, numa Rede consolidada, coerente, moderna e orientada para as necessidades do sector agrícola e agroalimentar nacional;
  • Contribuir com esta Rede para reforçar o ecossistema nacional de investigação e inovação agrícola e agroalimentar, promovendo a modernização, a digitalização, a competitividade e a sustentabilidade do sector agroalimentar;
  • Criar uma estrutura de proximidade, muito orientada para a transferência de conhecimento e de tecnologia, que satisfaça, em simultâneo, as necessidades das grandes explorações mais competitivas e das pequenas explorações agrícolas familiares;
  • Promover as dinâmicas locais e regionais relacionadas com a agricultura e áreas conexas, favorecendo a fixação de pessoas em territórios de baixa densidade, a valorização dos recursos endógenos e da produção nacional, o desenvolvimento integrado;
  • Aumentar a eficácia, a eficiência e o impacto das infra-estruturas científicas e tecnológicas do Ministério da Agricultura, reduzindo o seu número, mas modernizando as que integram a Rede, maximizando sinergias e complementaridades com outras estruturas do ecossistema de inovação (e.g. Institutos Politécnicos, Universidades, Laboratórios Colaborativos, Centros de Competências, empresas com actividades de I&D.

Pólo de Inovação do Douro

O Pólo de Inovação do Douro é um dos que faz parte desta Rede de Inovação. Este Polo de inovação está especializado na cadeia de valor da vinha e do vinho, destacando-se a conservação de uma vasta colecção de castas regionais da Região do Douro, possuindo ainda cerca de 22 ha de vinha em produção.

Neste polo pretende-se desenvolver actividades relacionadas com a vinha e com o vinho de modo a que possam responder às necessidades/problemas dos vitivinicultores do Douro, nomeadamente as questões relacionadas com as alterações climáticas, o estudo das castas tradicionais, estudar novas formas de mecanização e as problemáticas relacionadas com os modos de produção sustentáveis. Possui um laboratório de apoio aos vitivinicultores.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Aditivo alimentar dióxido de titânio proibido a partir deste Verão

Partilhar               A Comissão Europeia adoptou, a 14 de Janeiro, a proibição da utilização do dióxido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.