Início / Agricultura / Ministério responde a deputado socialista: ovelha da Serra da Estrela tem 34 euros de apoio por animal

Ministério responde a deputado socialista: ovelha da Serra da Estrela tem 34 euros de apoio por animal

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O deputado socialista Santinho Pacheco questionou o Governo sobre eventuais apoios a um programa de defesa e salvaguarda da ovelha bordaleira da Serra da Estrela, que estimulem o aumento da produção de leite.

O deputado perguntou ainda ao ministro Capoulas Santos se o Governo poderá apoiar a instalação de centros de recria de borregas, para estas serem disponibilizadas para melhoramento animal, “como forma de garantir o leite indispensável ao fabrico do queijo Serra da Estrela”.

Segundo Santinho Pacheco, “para que a Serra da Estrela continue a ter pastores que produzam o genuíno queijo da Serra, é preciso, desde logo, que se defenda a raça bordaleira”.

Ministério reage

Na sequência da notícia relativa a uma pergunta parlamentar dirigida ao Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural pelo deputado Santinho Pacheco, sobre se o Governo está disponível para, em conjunto com a ANCOSE – Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela, “estudar um programa de defesa e salvaguarda da ovelha bordaleira da Serra da Estrela” e sobre se o Governo poderá apoiar a instalação de centros de recria de borregas, para estas serem disponibilizadas para melhoramento animal, “como forma de garantir o leite indispensável ao fabrico do queijo Serra da Estrela”, o Ministério liderado por Capoulas Santos garante que o “Governo apoia produtores de ovelha da Serra da Estrela”.

34 euros por animal

Esclarece o Ministério da Agricultura em comunicado que “os produtores de ovelhas recebem uma ajuda de 34 euros por animal para apoiar a produção e o melhoramento da raça: 19 euros por animal no âmbito do I Pilar da PAC (ajuda directa) e, precisamente por se tratar de uma raça autóctone, a ovelha bordaleira recebe mais 15 euros no âmbito do II Pilar da PAC (desenvolvimento rural)”.

Por outro lado, diz o mesmo comunicado, a ANCOSE “tem curso um projecto apoiado pelo Ministério da Agricultura para melhoramento genético e protecção da raça. Trata-se de um projecto ao qual foram atribuídos 1.672.188.00 euros a fundo perdido”.

“Estando o projecto no seu último ano de execução, a ANCOSE executou apenas uma parte do montante disponível, tendo 1.010.020.00 a aguardar comprovativos de despesa no IFAP – Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas”, realça o Ministério de Capoulas Santos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 6 a 12 Julho 2020

Partilhar            Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Após seis semanas consecutivas de subida, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.