Início / Agenda / Milenar Castanheiro de Vales representa Portugal no Concurso Europeu Árvore do Ano 2020

Milenar Castanheiro de Vales representa Portugal no Concurso Europeu Árvore do Ano 2020

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O milenar Castanheiro de Vales representa Portugal no Concurso Europeu Árvore do Ano 2020. E já pode escolher a “Árvore Europeia do ano de 2020”. Depois da Azinheira Secular do Monte Barbeiro ter subido ao pódio na edição de 2019 do Tree of the Year, decorre durante este mês a votação para a Árvore Europeia do Ano 2020.

A UNAC – União da Floresta Mediterrânica foi o parceiro escolhido para organizar o concurso a nível nacional.

Durante o mês de Fevereiro todos podem escolher a sua árvore preferida através de um sistema de votação on-line em que cada votante selecciona duas árvores e confirma o voto através de um link que lhe é enviado para o e-mail.

Concurso europeu

O concurso europeu é uma final constituída pelos vencedores do concurso nacional de cada país, estando Portugal representado pelo Castanheiro de Vales, vencedor do concurso Árvore do Ano no nosso País. O Castanheiro conquistou os portugueses com a maravilhosa e generosa cavidade do seu tronco e não irá certamente deixar os europeus indiferentes.

O concurso Tree of the Year procura a árvore europeia com a história mais interessante, e o Castanheiro “é sem dúvida um excelente candidato”.

Pode votar na árvore portuguesa aqui.

As histórias das árvores a concurso e o acesso à votação encontram-se disponíveis aqui.

Castanheiro de Vales

Castanheiro de Vales é uma árvore majestosa e milenar, localizada em propriedade privada, por onde se chega atravessando paisagens agrícolas e florestas de encantar. Trata-se de uma das mais grossas árvores do nosso país, cuja cavidade do tronco guarda muitas histórias dos tempos em que o castanheiro era o ponto de referência das brincadeiras de muitas crianças e se tornou memória de gerações de adultos.

Pelo terceiro ano consecutivo uma espécie autóctone e da família das fagáceas ganha o concurso nacional da árvore do ano, expressando o reconhecimento dos portugueses pelas suas raízes rurais e pelos sistemas agro-florestais mediterrânicos, onde a produção florestal, agrícola e animal se complementam e se completam.

Soutos e castinçais ocupam cerca de 48.300 ha

Os soutos e castinçais ocupam cerca de 48.300 ha, a maioria dos quais localizados em áreas de minifúndio no Norte de Portugal. Têm na castanha a sua principal produção, mas são ecossistemas multi-funcionais de elevado valor social e ambiental como os montados a Sul do Tejo.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Estudo. Olivais modernos aumentam a fixação da população rural

Partilhar            São muitos os defensores de que o olival moderno elimina mão-de-obra, ao substituir pessoas por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.