Início / Agricultura / Miguel Freitas apresenta Plano de Acção para a Prevenção da Peste Suína Africana

Miguel Freitas apresenta Plano de Acção para a Prevenção da Peste Suína Africana

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, apresenta amanhã, 29 de Maio, o Plano de Acção para a Prevenção da Peste Suína Africana (PSA).

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, estará também presente neste evento que se realiza a partir das 15 horas no Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, em Lisboa.

O Plano insere-se no contexto das medidas preventivas recomendadas pela União Europeia. Tendo em conta os focos da doença registados nalguns Estados-membros, Portugal está a reforçar nos níveis de alerta contra a doença, apesar de ser um país livre de Peste Suína Africana.

A peste

A Peste Suína Africana (PSA) é causada por um vírus que provoca uma doença muito grave nos suídeos que se expressa por um quadro clínico com exuberantes sinais hemorrágicos sendo quase sempre mortal.

As espécies sensíveis são os suínos domésticos e os selvagens (javalis) de qualquer idade.

O vírus da PSA pode difundir-se facilmente por contacto directo ou indirectamente através de fomites ou outros veículos transmissores. Devido à sua gravidade, com rápida evolução da doença e à grande difusibilidade do vírus, a doença tem um elevado impacto social e económico, devido ás perdas provocadas.

O vírus da PSA não representa qualquer perigo para a saúde humana. Também não existe vacina nem tratamento para esta doença.

Veja aqui as medidas preventivas contra a doença.

Agricultura e Mar Actual

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

GNR identifica dois homens por incêndio florestal em Cantanhede. Fogo provocado por rebarbadoras

Partilhar            A GNR — Guarda Nacional Republicana informa que o Comando Territorial de Coimbra, através do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.