Início / Agricultura / Michelin suspende exportações e actividade industrial na Rússia

Michelin suspende exportações e actividade industrial na Rússia

O Grupo Michelin anuncia que suspende a sua actividade industrial na Rússia, assim como as suas exportações para aquele país, devido à invasão da Ucrânia.

A fábrica da Michelin de Davydovo emprega cerca de 750 pessoas, e produz pneus para automóveis de passageiros, bem como pneus de camião recauchutados, principalmente, para o mercado local.

“Neste muito difícil e incerto contexto, a prioridade da Michelin é apoiar todos os seus funcionários que estão a sofrer os impactos desta crise, incluindo os seus empregados da Michelin Rússia. O Grupo mantém-se totalmente mobilizado, e continuará a adaptar as suas decisões à medida que a situação evolui”, refere um comunicado da empresa.

A Michelin, líder do sector do pneu, concebe, fabrica e distribui os pneus “mais adaptados às necessidades e às diferentes utilizações dos seus clientes, assim como serviços e soluções para melhorar a eficácia do transporte. De igual modo, a Michelin oferece aos seus clientes experiências únicas nas suas viagens e deslocações”.

A Michelin também desenvolve materiais de alta tecnologia para diversas utilizações. Com sede em Clermont-Ferrand (França), a Michelin está presente em 170 países, emprega mais de 123 600 pessoas e dispõe de 71 centros de produção de pneus, que, em 2020, fabricaram 170 milhões de pneus.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Montenegro promete resolver problema do assoreamento do Porto de Pesca da Póvoa de Varzim

Partilhar              O primeiro-ministro, Luís Montenegro, esteve presente cerimónia de encerramento das comemorações do 50º aniversário de …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.