Início / Agricultura / Meios de prevenção e combate aos incêndios para 2020 reforçados em 3%

Meios de prevenção e combate aos incêndios para 2020 reforçados em 3%

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, destacou que os meios de prevenção e combate aos incêndios para 2020 registam um reforço de 3% em comparação com 2019, com destaque para o aumento de guardas florestais e sapadores florestais.

No final de uma reunião da Comissão Nacional de Protecção Civil, em Carnaxide, Oeiras, onde foi aprovada a Directiva Operacional Nacional N.º2, que estabelece o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais de 2020, o ministro sublinhou que os meios tiveram um aumento de 18% face a 2017 e acrescentou que em 2020 haverá 155 novos guardas florestais, um reforço significativo de sapadores florestais e um reforço de meios aéreos, contratados para quatro anos.

Redução da área ardida

Eduardo Cabrita recordou ainda o trabalho recente nesta área, que permitiu uma redução de cerca de 45% do número de incêndios rurais e uma de cerca de 70% da área ardida relativamente à média dos últimos 10 anos.

A prioridade do Governo foi “encontrar um sistema melhorado no combate aos incêndios rurais, salientando que a crise sanitária que Portugal atravessa não pode adiar as decisões que têm de ser tomadas para garantir que a tendência positiva dos últimos anos possa ser continuada”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Vila Real de Santo António tem a primeira central fotovoltaica instalada nos portos de pesca nacionais

Partilhar            A Docapesca – Portos e Lotas concluiu a instalação de uma central fotovoltaica, que transforma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.