Início / Agricultura / Medronheiro: conheça as principais características e saiba como cultivar

Medronheiro: conheça as principais características e saiba como cultivar

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

Hoje venho falar-vos sobre o medronheiro, uma planta ornamental que possui frutos comestíveis. Seguindo a tendência crescente da construção de espaços onde se cultivas as mais diversas plantas, as plantas de flora autóctone como o medronheiro podem ser uma boa opção. Conheça neste artigo as principais características do medronheiro e saiba como cultivá-lo na sua casa com sucesso.

A enorme potencialidade do medronheiro

O medronheiro é dotado de diversas características interessantes tanto morfológicas como ecológicas e até estéticas.

Muitas vezes, é encontrada nos jardins dada a sua enorme potencialidade como ornamental, podendo ser utilizada para os mais diversos fins neste “campo”.

O medronheiro é caracterizado por possuir frutos bastante ricos nutricionalmente, principalmente em vitaminas com a A e a C bem como são ricos em caroteno e antioxidantes.

mancha negra medronheiro

O medronheiro e a sua famosa aguardente

Um dos produtos principais obtidos através dos frutos madurios do medronheiro é a aguardente, que está muito ligadas ao Centro e Sul de Portugal e às suas gentes.

Por possuir uma floração abundante, existem muitos produtores que aproveitam esta excelente característica para produzir um mel de extrema qualidade.

Um aspecto super interessante é que a madeira destas plantas tem bastante dificuldade em arder pelo que desempenha um papel importante no combate ao fogo dos incêndios. Caso arda regenera muito facilmente podendo também as suas cascas ser utilizadas na indústria dos curtumes.

Aguardente de medronho. Comprar aqui. Fonte da imagem: Garrafeira Nacional

Deixo-lhe também aqui uma dica extra de como fazer este licor caso tenho um medronheiro em casa.

Vai precisar de 250g de açúcar mascavado, 750gr de medronhos e 1L de aguardente.

Para dar um toque especial, adicione canela moída ou um pau de canela a esta mistura. Depois de misturar tudo, deixe o preparado em maceração durante cerca de 15 dias num local fresco e com pouca humidade.

Saiba mais sobre a planta do medronheiro

O nome científico do medronheiro é Arbutus unedo L. e pertence à familia das Ericáceas. Caracteriza-se por ser um arbusto de pequeno porte com um copa arredondada e pronunciada.

Apresenta folhas todo o ano, com tonalidade verde-escura e em forma de lança. No que diz respeito à floração, floresce no período de Outubro a Fevereiro, com flores brancas ou rosadas em forma de cacho.

Os frutos são redondos e apresentam alguma rugosidade que lhe caracteriza, apresentando uma tonalidade vermelha quando estão maduros. A maturação completa dos frutos ocorre normalmente dos meses de Setembro a Novembro do ano seguinte.

Pode obter estas plantas em centros de jardinagem especializados na forma envasada. Pode também optar por produzir as suas próprias plantas de medronheiro através de sementes, realizando a sementeira quer em tabuleiros quer directamente no solo.

Pode dispor os medronheiros de diversas formas: isoladamente, em grupo ou formando sebes( daí o seu poder ornamental). Caso opte por esta última forma, saiba que os medronheiros não são muito exigentes quer em termos de poda quer em necessidades hídricas.

Atenção que os medronheiros são muito apetecíveis para pássaros, por isso, tome as medidas necessárias para que estes não tirem mais proveito dos frutos do que você próprio 🙂 .

o medronheiro como cultura sustentável

Medronheiro: quando, como e onde plantar

A melhor altura para plantar este arbusto é preferencialmente, na primavera ou no outono.

Escolha locais semi-sombreados com solos leves e com profundidade. O medronheiro gosta também de solos ricos em matéria orgânica, com uma boa drenagem e com pH ligeiramente ácidos.

Apesar das condições que referi no parágrafo anterior serem as ideiais, o medronheiro consegue desenvolver igualmente em solos básicos, de textura média e pobres em matéria orgânica (embora com produtividades mais baixas).

Principais cuidados a ter com o medronheiro

Um dos principais cuidados que deve garantir é uma boa poda de formação na fase inicial de forma a conferir a forma desejada. Caso pretenda transformar o seu medronheiro num arbusto, deve despontar os ramos de forma a promover a rebentação.

Se pretender que o seu medronheiro se desenvolva sobre a forma de árvore, remova os rebentos da base de forma a promover a formação de um único tronco.

Elimine igualmente com alguma frequência os ramos mais fracos e doentes de forma a incentivar a sanidade do medronheiro.

No ano em que efectuar a poda, tenha consciência que não ocorrerá floração.

Quanto à rega, o medronheiro tem necessidades de água moderada pelo que não é muito exigente nesse aspeto.

Quanto a problemas fitossanitários, o medronheiro é mais susceptível a ataque de piolhos principalmente na rebentação nova (principalmente na Primavera).

medronheiro folha

Agora que já sabe mais sobre o medronheiro, desafio-lo a plantar esta planta ornamental na sua casa, caso consiga garantir as condições acima referidas.

Fico a aguardar o seu feedback.

Bons cultivos!

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Festa da Cereja de Alfândega da Fé cancelada devido à Covid-19

Partilhar            O presidente da Câmara Municipal de Alfândega da Fé, Eduardo Tavares, informa que a edição …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.