Início / Empresas / Matos Fernandes e Galamba inauguram projecto de remediação ambiental da zona industrial da antiga área mineira da Urgeiriça

Matos Fernandes e Galamba inauguram projecto de remediação ambiental da zona industrial da antiga área mineira da Urgeiriça

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O projecto de remediação ambiental da zona industrial da antiga área mineira da Urgeiriça, Canas de Senhorim, concelho de Nelas, iniciado em 2005, é inaugurado amanhã, 24 de Maio, pelo ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes, e o secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba.

Um evento que inclui também a visita às obras da Barragem Nova e à ETAM – Estação de Tratamento das Águas de Mina e do perímetro industrial mineiro.

Explica a autarquia de Nelas que este projecto, que se iniciou em 2005, insere-se no âmbito da prioridade “Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos”, e representou um investimento total de 13,237 milhões de euros, com uma contribuição de 9,63 milhões do Programa Operacional “Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos” para o período de programação 2014-2020.

Esta obra esteve a cargo da EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro, uma empresa pública, que tem a responsabilidade da remediação ambiental de todas as antigas minas.

Remediação ambiental

Acrescenta a Câmara Municipal de Nelas que esta remediação ambiental integrou um conjunto de diversas intervenções, tais como a descontaminação química e radiológica do solo e subsolo na envolvência dos edifícios e em equipamentos com significado histórico do complexo e obras estruturais de estabilização dos edifícios.

Por outro lado, foi melhorada a recolha de lixiviados (líquidos que contêm substâncias nocivas que podem entrar no ambiente por percolação através de matéria sólida) e o seu transporte para a nova barragem, garantindo assim que as águas de mina contaminadas são devidamente tratadas antes da descarga.

Com esta remediação ambiental, foram feitas melhorias na recolha de exsurgências e caudais afluentes contaminados na margem esquerda da Ribeira da Pantanha, sendo as águas contaminadas enviadas para uma nova estação de tratamento de águas de mina, que utiliza métodos activos e passivos para remover os contaminantes, entre muitas outras acções realizadas em várias etapas, destinadas a concluir um processo de atenuação das consequências ecológicas resultantes da exploração mineira e do subsequente abandono de um local considerado como prioridade nacional.

A remediação ambiental da mina da Urgeiriça, considerada particularmente importante por estar situada numa área edificada, abrangeu a limpeza de 13,42 hectares de terreno, o que deverá reduzir a exposição a riscos para a saúde e para o ambiente, incluindo riscos ligados à contaminação do solo, das águas superficiais e das águas subterrâneas, para 9.800 pessoas.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cuidado com a queima de sobrantes florestais. GNR identifica homem de 78 anos por incêndio em Vila Real

Partilhar              O Comando Territorial de Vila Real da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.