Início / Mar / Construção Naval / Martifer ganha construção de dois navios patrulha oceânicos para a Marinha

Martifer ganha construção de dois navios patrulha oceânicos para a Marinha

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Martifer informou hoje o mercado a adjudicação à sociedade West Sea – Estaleiros Navais, participada detida a 100% pelo Grupo Martifer, em consórcio com a sociedade Edisoft, para a construção de dois navios patrulha oceânicos para a Marinha Portuguesa.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Martifer diz que a adjudicação tem um preço global de 77 milhões de euros, sem IVA. A sociedade West Sea tem uma participação no consórcio de 83,64%.A entrada em vigor do contrato celebrado entre o Estado Português e o consórcio adjudicatário fica dependente do visto do Tribunal de Contas.

Relembre-se que o Grupo Martifer tem a concessão dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo até 2031.

A Marinha Portuguesa, na sua página de Internet, explica que os navios patrulha oceânicos são navios com “um deslocamento entre as 750 e as 2.000 toneladas utilizados, prioritariamente, em acções não combatentes”. As principais missões são de segurança e autoridade do Estado, e missões de interesse público.

“São navios com grande capacidade de operar em alto mar, e de enfrentar condições de mar adversas, e possuem uma autonomia considerável, o que lhes permite permanecer no mar, em missão, durante largos períodos sem necessidade de apoio logístico”, adianta a Marinha.

As novas embarcações serão equipadas com uma estação de operação remota Marlin WS fabricada pela Oto Melara, que irá controlar um canhão Orbital ATK Mk.44 Bushmaster, de 30 mm, além de receber suportes para metralhadoras pesadas e trilhos para as minas Mk.55 Mk.2.

Os navios começarão a ser entregues no início de 2018.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

PSD pede à ministra da Agricultura que esclareça atribuição de terrenos agrícolas em Idanha-a-Nova

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata (PSD) quer saber o que se passou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.