Início / Featured / Marinha tem um novo Centro Meteorológico e Oceanográfico Naval

Marinha tem um novo Centro Meteorológico e Oceanográfico Naval

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Marinha Portuguesa tem um novo Centro Meteorológico e Oceanográfico Naval (CMETOC). Este vai servir profissionais e o comum cidadão que utiliza o mar.

Nos últimos anos, o Instituto Hidrográfico (IH), uma unidade orgânica da Marinha, desenvolveu “valências avançadas no domínio da previsão meteo-oceanográfica, tendo edificado redes de observação em toda a costa e desenvolvido um avançado sistema de previsão operacional. Estas valências foram agora concentradas no novo Centro”, situado dentro das instalações do Instituto Hidrográfico e da dependência do seu director-geral, diz um comunicado da Marinha.

Este centro, operado por 14 pessoas distribuídas por quatros áreas temáticas (Oceanografia, Meteorologia, Informação geoespacial e Guerra de Minas), vai produzir informação de previsão meteo-oceanográfica fundamental para o apoio às modernas operações da Marinha e da Autoridade Marítima Nacional.

Previsão do estado do mar

De entre os produtos salientam-se os mais genéricos relacionados com a previsão do estado do mar, em diferentes escalas, locais e profundidades, até aos diagramas de impacto na missão em curso, em função dos meios empregues.

O cidadão que usa o mar também vai beneficiar deste centro pois alguns dos produtos de previsão serão disponibilizados através do portal do Instituto Hidrográfico.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Comissão Europeia: “os agricultores biológicos auferem rendimentos mais elevados e são mais resilientes”

Partilhar              “A produção biológica traz uma série de vantagens importantes: os campos com culturas biológicas apresentam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.