Início / Featured / Marinha inactiva granada de mão em Gondomar

Marinha inactiva granada de mão em Gondomar

Os mergulhadores da Marinha Portuguesa inactivaram, esta segunda-feira, 4 de Outubro, uma granada de mão aparentemente abandonada na margem da barragem de Crestuma-Lever, em Gondomar.

O alerta chegou ao Comando Local da Polícia Marítima do Douro, através da Guarda Nacional Republicana (GNR), que foi informada por um popular, revela uma nota de imprensa da Marinha Portuguesa.

O Capitão do Porto de imediato contactou a Marinha tendo sido activado o Destacamento de Mergulhadores Sapadores n.1 para o local, que foi prontamente interdito pela Polícia Marítima.

Já na área de operações, os mergulhadores da Marinha, em coordenação com a Autoridade Marítima Local, avaliaram a situação e procederam à neutralização do engenho através de uma detonação controlada.

“Engenho encontrava-se totalmente funcional”

Este tipo de engenho “pode aparentar um estado estável e seguro, no entanto, como se verificou neste caso, o engenho encontrava-se totalmente funcional”, Por isso, a Marinha alerta que, “sempre que for encontrado um engenho deste tipo, o mesmo não deverá ser removido, devendo-se alertar de imediato as autoridades locais”.

O Destacamento de Mergulhadores Sapadores, nº1 é constituído por militares altamente treinados para este tipo de missão, possuindo experiência operacional em vários teatros e ambientes, como são exemplo as missões assurance measures na Lituânia e as missões de inactivação de engenhos explosivos no Mar do Norte e Báltico, integrados em forças da NATO.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Açores recebem certificação de bem-estar animal Welfare Quality

Partilhar              O secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, António Ventura, afirmou esta terça-feira na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.