Início / Featured / Marinha desenvolve sistema marítimo autónomo para apoiar investigação científica

Marinha desenvolve sistema marítimo autónomo para apoiar investigação científica

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Célula de Experimentação Operacional de Veículos Não Tripulados (CEOV) da Marinha desenvolveu um sistema marítimo autónomo com o objectivo de apoiar o Instituto Hidrográfico nos levantamentos hidrográficos em rios, estuários e zonas costeiras.

Catamaran equipado com um feixe simples e sonar lateral

Explica um comunicado da Marinha Portuguesa que o Sistema Marítimo Autónomo Hidrográfico X-2601 é um catamaran equipado com um feixe simples e sonar lateral, à semelhança dos navios hidrográficos. A sua elevada autonomia, actualmente cifra-se em 20 horas, é garantida através de um gerador eléctrico.

“Este veículo irá permitir um salto tecnológico do Instituto Hidrográfico na operação das brigadas hidrográficas, aumentar a segurança e o alcance das áreas em estudo. Também em acções de catástrofe e sempre que requerido, a Marinha poderá colaborar com este veículo autónomo nas acções solicitadas pela Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil”, realça o mesmo comunicado da Marinha.

CEOV

A CEOV, criada em Outubro de 2017, é uma iniciativa estratégica de transformação do sector operacional da Marinha Portuguesa que permite dar resposta às rápidas mudanças que surgem ao nível tecnológico.

No decorrer do combate à pandemia de Covid-19, esta célula produziu um protótipo de ventilador de baixo custo que já se encontra em processo de acreditação.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

H2020. UE dá 677 M€ a investigadores de topo em início de carreira. Seis são portugueses

Partilhar            A Comissão Europeia anunciou, no passado dia 3 de Setembro, que será concedido um total …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.