Início / Featured / Marinha apoia embarcação de pesca Pirata do Mar à deriva ao largo do Cabo Espichel

Marinha apoia embarcação de pesca Pirata do Mar à deriva ao largo do Cabo Espichel

A Marinha recebeu ontem, 5 de Abril, cerca da 10h30, no seu centro de coordenação de busca e salvamento marítimo de Lisboa um pedido de auxilio da embarcação de pesca Pirata do Mar, que enrolou acidentalmente artes de pesca no hélice, tendo por isso ficado à deriva no mar, a cerca de 30 km a Oeste do Cabo Espichel.

A Marinha activou para o local uma lancha de fiscalização rápida, o NRP Escorpião, para apoiar a embarcação de pesca, de registo de Vila Real de Santo António, com 5 pescadores bordo. Através do Capitão do Porto de Setúbal foi também activada a embarcação da estação salva vidas de Sesimbra para apoio e eventual retirada dos tripulantes de bordo, garantindo a segurança dos mesmos.

Rebocado para Sesimbra

“No local foi verificado que todos os pescadores se encontravam em segurança, não tendo sido necessário efectuar o resgate dos mesmos”, diz um comunicado da Marinha, adiantando que, “por constituir um perigo à navegação, foi necessário recorrer ao apoio de um rebocador, que chegou ao local cerca das 17h00, tendo iniciado o reboque cerca das 17h30”. O trem de reboque dirigiu-se para o Porto de Sesimbra.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Marinha Portuguesa coordena resgate de 7 pessoas a bordo de veleiro na Ilha do Pico

Partilhar              A Marinha, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada …

2 comentários

  1. INFORMAÇÃO ADICIONAL:
    O navio rebocador envolvido na manobra que o V/o artigo refere foi o “MONTINHO”, propriedade da empresa REBONAVE Reboques e Assistência Naval, SA, com porto de armamento em Setúbal.

    A nossa empresa dispõe de um dispositivo de prontidão 24/7 com um rebocador, para todas as situações de emergência, que nos sejam solicitadas, quer pela MARINHA – Capitania do Porto de Setúbal, como foi o caso, quer pelos próprios Armadores ou seus representantes.
    Todos os anos são desenvolvidas operações desta natureza, sobretudo no inverno, desde a zona costeira até distâncias da ordem das 200 milhas náuticas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.