Início / Agricultura / Marca de uvas de mesa Dona Uva estima aumento de 25% da produção em 2023

Marca de uvas de mesa Dona Uva estima aumento de 25% da produção em 2023

A colheita das uvas de mesa Dona Uva já arrancou nas regiões do Ribatejo, Oeste e Alentejo, levando a todo o País uma das frutas de Verão mais aguardadas pelos portugueses. A Frutalmente, organização de produtores que detém a marca, estima para este ano um aumento de 25% da produção em relação a 2022, ano em que colheu cerca de 2,5 milhões de quilos.

As uvas de mesa Dona Uva assumem-se como uma “força da natureza” ao preservarem as variedades tradicionais de uva de mesa, mas sem esquecer a inovação e as tendências de mercado, refere uma nota de imprensa da Frutalmente.

Com 175 hectares de uva de mesa instalados, as uvas Dona Uva são colhidas à mão e produzidas no sistema Y, em que os cachos crescem em troncos mais altos. Isto permite não só aumentar a produção e a rentabilidade da colheita, mas também reduzir a utilização de água e de fertilizantes.

Cardinal, Red Globe, Vitória, Michele Palieri e Dona Maria são as variedades com grainha, já Crimson Seedless, Regal, Sugraone, Arra15, Arra19, Arra30 e Arra32 são as variedades sem grainha, acrescenta a mesma nota.

“Chegam às prateleiras dos consumidores em alturas diferentes, para que haja sempre uva de mesa disponível nas prateleiras dos supermercados”, refere ainda aquela organização de produtores. Mário Rodrigues, director executivo da Frutalmente, afirma que o objectivo é “ter uma produção equilibrada, tanto nas variedades com grainha, como nas sem grainha”.

Respeito pelos ritmos da natureza

O respeito pelos ritmos da natureza faz parte do ADN da empresa, que se mantém fiel aos princípios de uma agricultura que respeita os recursos ambientais, como a água, o solo e a biodiversidade. Cerca de 40% da produção da Dona Uva é feita em sequeiro, ou seja, sem necessidade de abastecimento de água artificial, frisa a mesma nota.

Esta preocupação está também visível em todas as etapas de produção e incluem projectos como o Resíduo Zero ou a aposta em embalagens de cartão 100% reciclável e mais amigas do ambiente.

Há cinco anos consecutivos que a Dona Uva conquista o Prémio Cinco Estrelas e, em 2023, recebeu também a distinção Sabor do Ano, um sinal de reconhecimento da qualidade.

“A Dona Uva é uma verdadeira força da natureza. Não abdica das variedades tradicionais e de oferecer aos seus clientes a boa uva de mesa. Inova e adapta-se ao mercado, tem sabor e respeita a sazonalidade. Tem a força das regiões onde é produzida e dos seus produtores”, conclui o director executivo, Mário Rodrigues.

Fundada em 2012 e reconhecida como Organização de Produtores em 2013, a Frutalmente tem como missão “produzir a melhor fruta portuguesa, respeitando a natureza e o meio ambiente”. É a única Organização de Produtores de Uva de Mesa em Portugal e detém as marcas Dona Uva (para uvas de mesa) e Adoora (para outros frutos, como pêssegos, nectarinas, ameixas, paraguaios, figos, romãs, dióspiro, pêras e maçãs).

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Será o Nutri-Score uma opção de rotulagem totalmente fiável? Saiba tudo no webinar da CAP

Partilhar              A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal, na sequência da tentativa de aplicar em …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.