Início / Agenda / Manual do produtor de material vitícola apresentado em Leiria e Vila Real. Participação gratuita

Manual do produtor de material vitícola apresentado em Leiria e Vila Real. Participação gratuita

O Manual do Produtor de Material Vitícola está a ser apresentado pelo País. Depois da Sessão Lisboa e Vale do Tejo, no dia 10 de Novembro, nas Caldas da Rainha, segue-se a Sessão Centro, a 18 de Novembro, a partir das 14 horas, nas instalações da Associação de Regantes de Monte Real, em Leiria.

A 3ª sessão Norte está já agendada para 26 de Novembro, também a partir das 14 horas, nas instalações da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAP Norte), no Lugar de Codeçais, em Vila Real.

As inscrições são gratuitas mas obrigatórias e podem ser feitas aqui.

Manual do Produtor de Material Vitícola

O Manual do Produtor de Material Vitícola disponibiliza ao viveirista a informação e procedimentos para uma eficaz gestão de todo o processo produtivo, de modo a assegurar que as culturas produtoras de material de propagação e o material produzido cumpram as condições de identidade varietal e fitossanitárias exigidas na legislação em vigor, para poderem ser certificadas e comercializadas, contribuindo assim para melhorar a qualidade das plantas à disposição do sector vitícola nacional e comunitário.

Um manual elaborado pela DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária, com os contributos da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAP Centro), Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo (DRAPLVT) e da Viticert — Associação Nacional de Viveiristas Vitícolas Produtores de Material Certificado.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Próximo Orçamento dos Açores vai ter apoios para experimentação no agroalimentar

Partilhar              O secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural dos Açores anunciou hoje, 27 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.