Início / Agricultura / Madeira. Presidente do Governo: “empreendedorismo agrícola pode trazer resultados económicos”

Madeira. Presidente do Governo: “empreendedorismo agrícola pode trazer resultados económicos”

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O “empreendedorismo agrícola pode trazer resultados económicos” disse o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, durante uma visita a uma exploração agrícola com 7 mil metros quadrados na Ponta do Sol, que investiu na produção de banana biológica com apoio do PRODERAM.

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visitou sábado, 23 de Janeiro, uma exploração agrícola, na freguesia da Ponta do Sol, dedicada à produção de banana biológica, abrangendo uma área de 7 mil metros quadrados.

Na ocasião, o Chefe do Governo relevou a rentabilidade e a eficácia, da exploração que produz mais de 17 toneladas/ano, o que demonstra que a actividade é apetecível para os jovens empreendedores. “Se olharmos para o tamanho do terreno, a produtividade e resultados, é algo que é apetecível para os jovens empreendedores”, disse Miguel Albuquerque.

“É um exemplo de como o empreendedorismo agrícola pode trazer resultados económicos, com gestão de sustentabilidade ambiental e eficácia tecnológica”, continuou.

A jovem empresária agrícola, proprietária da exploração, beneficiou de apoios, na sequência de quatro candidaturas ao PRODERAM, as quais permitiram a prossecução deste projecto de produção de banana biológica na Ponta do Sol, assim como a plantação de maracujá e hortícolas ao ar livre em Santo António, Funchal, numa área de cultivo com 1.600 metros quadrados.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministro do Mar: captura de sardinha pode aumentar para 30 mil toneladas e ser prolongada pelo menos até Novembro

Partilhar              “Há condições para aumentar as possibilidades de captura de sardinha para 2021, possibilitando que a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.