Início / Agricultura / Luís Vieira pede “práticas inovadoras e sustentáveis” para “alimentar a população de forma saudável”

Luís Vieira pede “práticas inovadoras e sustentáveis” para “alimentar a população de forma saudável”

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, participou hoje, 5 de Julho, no Ciência’16 – Encontro com a Ciência e Tecnologia em Portugal, uma iniciativa que decorre ao longo de três dias no Centro de Congressos de Lisboa e que reflecte sobre os principais temas e desafios que orientam a actividade da comunidade científica portuguesa, juntando investigadores e convidados de diferentes esferas da sociedade num debate alargado e plural.

“Investigação e Produção Agro-Alimentar e Animal” foi o tema da sessão em que participou Luís Vieira. No encerramento dos trabalhos, o secretário de Estado da Agricultura e Alimentação defendeu a necessidade de “implementar práticas inovadoras e sustentáveis, que permitam alimentar a população de forma saudável, contribuindo para melhorar a saúde”.

Segundo Luís Vieira, “é cada vez mais importante investir em novas tecnologias e em investigação que permitam chegar a soluções ambientalmente sustentáveis e economicamente viáveis, proporcionando quantidade e qualidade na alimentação”.

O secretário de Estado destacou a importância desta iniciativa que reúne num mesmo espaço uma comunidade científica riquíssima, cujo conhecimento “tem de ser potenciado e transmitido, para que possa ser colocado ao serviço da comunidade, nomeadamente da comunidade agrícola, responsável pela produção de alimentos e cada vez mais disponível para investir no sector”.

No encerramento desta sessão, Luís Vieira destacou também a criação da Rede Nacional que envolve as estações experimentais do INIAV – Instituto Nacional para a Investigação Agrícola e Veterinária, do lado do Ministério da Agricultura, e as Escolas Superiores Agrárias e Institutos Politécnicos, do lado do Ministério do Ensino Superior, Ciência e Tecnologia. Trata-se de uma parceria que tem como objectivo central a “conjugação de esforços por forma a produzir conhecimento e a transmiti-lo de forma eficiente aos agricultores”, rematou o secretário de Estado.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Agricultores vão começar a receber os 10 cêntimos por litro de gasóleo agrícola gasto em 2021

Partilhar              A decisão já está publicada em Diário da República. Os agricultores vão receber  10 cêntimos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.