Início / Agricultura / Luís Souto Barreiros lidera novo Grupo de Trabalho dos Cereais

Luís Souto Barreiros lidera novo Grupo de Trabalho dos Cereais

O Grupo de Trabalho dos Cereais, com a missão de propor a estratégia nacional e o plano de acção para a promoção do desenvolvimento da cultura dos cereais em Portugal, já está criado e vai ser coordenado pelo engenheiro Luís Souto Barreiros, em representação do Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral.

Segundo o Despacho n.º 5562/2017 o Grupo de Trabalho é ainda constituído por um representante do INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, da ANPOC – Associação Nacional de Produtores de Cereais e da Anpromis – Associação Nacional de Produtores de Milho e Sorgo.

Potencial da produção cerealífera

O documento, assinado pelo  Ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, refere que este Grupo de Trabalho avança considerando “a acentuada diminuição da produção de cereais que se tem constatado nas últimas décadas, com as inerentes consequências negativas na taxa de aprovisionamento do país e na sustentabilidade dos sistemas agrícolas de sequeiro”. Por outro lado, este novo organismo é criado considerando a importância dos cereais na dieta alimentar, o potencial da produção cerealífera em termos territoriais e o seu papel nos mecanismos de planeamento civil de emergência e as oportunidades acrescidas para a produção cerealífera decorrentes do Plano Nacional de Regadio que o Governo pretende executar até 2020.

O Governo entende “ser urgente identificar os principais estrangulamentos e propor as medidas adequadas, visando inverter a tendência de diminuição da produção” de cereais.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Presidente da Confagri: “é urgente que Governo diga se vai revogar passagem das DRAP para as CCDR”

Partilhar              O presidente da Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas, Idalino Leão, já esteve reunido …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.