Início / Agenda / Lousã avança com nova acção de voluntariado para controlar espécies invasoras na Mata do Sobral

Lousã avança com nova acção de voluntariado para controlar espécies invasoras na Mata do Sobral

O projecto de Voluntariado Ambiental na Mata do Sobral, promovido pela Junta de Freguesia de Serpins e a Câmara Municipal da Lousã, que tem como principal objectivo controlar as espécies invasoras, promove mais uma acção, no dia 27 de Novembro, entre as 9h30 e as 13 horas. O ponto de encontro é junto à casa do guarda, na entrada da Mata do Sobral, junto à estrada 342.

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição aqui.

Este projecto é financiado pelo POSEUR e conta com a colaboração da Activar e do grupo informal do Facebook “Reflorestar a Lousã com espécies nativas”.

Segundo a autarquia da Lousão, as acções decorrem até final de Dezembro e incluem acções com escolas, associações e, também, com a sociedade civil, “num esforço colectivo de reflorestação desta aérea florestal tão importante para o território da Lousã”.

De referir que, entre Setembro e Dezembro de 2020, este projecto contemplou várias acções de combate às invasoras, com especial enfoque no arranque e descasque de acácias. Depois de desenvolvidos os trabalhos de limpeza da mata, “estão reunidas as condições necessárias para o processo de reflorestação como forma de regenerar parte da mancha florestal destruída pelo grande incêndio de 2017”, realça a autarquia.

Assim, ao longo dos próximos meses a comunidade vai ser chamada a colaborar na recuperação do património ambiental da Mata do Sobral, na freguesia de Serpins.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Produtores de leite da Póvoa de Varzim em risco de falência pedem para serem pagos ao preço mínimo de 38 cêntimos/litro

Partilhar             more  Caso não exista um aumento do preço do leite a breve prazo, toda a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.