Início / Empresas / Lidl e WWF lançam parceria internacional estratégica para enfrentar desafios ecológicos

Lidl e WWF lançam parceria internacional estratégica para enfrentar desafios ecológicos

O Lidl, um dos maiores retalhistas mundiais, e a WWF, uma das maiores organizações independentes de conservação do Mundo, anunciaram o início de uma nova parceria estratégica, a nível internacional, que estará presente em 31 países. Esta cooperação de longo prazo centrar-se-á ao longo da cadeia de valor do Lidl, ajudando assim a enfrentar os desafios ecológicos globais da actualidade, garantindo que mais famílias tenham acesso a escolhas mais sustentáveis e incentivando modelos de negócio que funcionem em harmonia com a natureza, respeitando os limites do nosso planeta.

“Esta parceria é um marco importante no compromisso do Lidl com a sustentabilidade, que a empresa tem vindo a impulsionar ao longo dos últimos anos, como parte da sua estratégia internacional de sustentabilidade. O objectivo comum desta parceria é permitir que os clientes façam escolhas ainda mais sustentáveis”, refere um comunicado de imprensa do Lidl.

Para Alexander Frech, CEO do Lidl Portugal, “enquanto um dos maiores retalhistas alimentares, estamos conscientes da nossa responsabilidade e do nosso poder de influência. Assumimos esta responsabilidade com o objectivo de ter um negócio que respeita os limites do nosso planeta. Para o Lidl, a gestão sustentável não é apenas uma questão de atitude, mas também a base para a viabilidade futura do nosso modelo de negócio”.

“Com o apoio e a experiência da WWF, vamos agora elevar o nosso compromisso com a sustentabilidade a um outro patamar. Só conseguiremos superar os grandes desafios globais, como as alterações climáticas e a perda da biodiversidade, trabalhando em conjunto. É por isso que acreditamos em parcerias fortes, para juntos colaborarmos e proporcionarmos escolhas mais sustentáveis aos nossos stakeholders”, acrescenta Alexander Frech.

Por sua vez, Kirsten Schuijt , directora Ggeral do WWF Internacional, afirma que “a forma como produzimos e consumimos alimentos e energia é uma das principais causas da perda da natureza e das alterações climáticas. Para travar e reverter aquela que é a maior crise que a humanidade enfrenta actualmente, precisamos de acções ousadas e urgentes para mudar os nossos sistemas alimentares e energéticos, e o sector alimentar e retalhista tem um grande papel a desempenhar em liderar esta mudança”.

E realça que, “como um dos maiores retalhistas, o Lidl tem uma enorme influência internacional, capaz de impulsionar mudanças sustentáveis na indústria alimentar e retalhista. A WWF orgulha-se de acompanhar o Lidl nesta jornada na qual, simultaneamente, apoiaremos e desafiaremos este retalhista”.

Cooperação em 31 países

Nos últimos anos, o Lidl e a WWF têm cooperado de forma conjunta, por exemplo, em Portugal, através do programa escolar Turma Imbatível, mas também noutros países como a Suíça e a Áustria. A nova parceria expande o âmbito deste trabalho a nível global, acelerando a sustentabilidade a nível internacional, avança o mesmo comunicado.

O Lidl traçou como “objectivo facilitar ainda mais aos seus clientes a escolha de uma compra sustentável e o trabalhar em conjunto com a WWF para fornecer escolhas mais responsáveis, desta forma, moldando activamente a transformação sustentável”.

A parceria com a WWF irá contribuir para este objectivo focando-se nas seguintes áreas:

  • Conservação e promoção da biodiversidade;
  • Gestão responsável dos recursos hídricos;
  • Proteção climática através de metas climáticas baseadas na ciência;
  • Construção e expansão de cadeias de fornecimento rastreáveis, livres de desflorestação e de conversão;
  • Fornecimento responsável de matérias-primas essenciais, como óleo de palma, soja, cacau, chá, café, madeira e produtos derivados de papel;
  • Aprovisionamento responsável de peixe e marisco e salvaguarda de zonas de pesca e stocks críticos;
  • Envolvimento na defesa de dietas e consumo mais conscientes e sustentáveis;
  • Redução do desperdício de alimentos.

Além do envolvimento do Lidl ao longo da sua própria cadeia de valor, a empresa apoiará vários projectos de conservação da WWF para ajudar a proteger o ambiente nas regiões de origem.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Tem porcos? Declaração obrigatória de existências tem de ser feita até 31 de Agosto de 2024

Partilhar              A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que no mês de Agosto de 2024, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.