Início / Empresas / Kaeser anuncia na ENAF integração de tecnologia Siemens em nova gama de compressores

Kaeser anuncia na ENAF integração de tecnologia Siemens em nova gama de compressores

A Kaeser Compressores anunciou hoje, 23 de Novembro, na EMAF 2016, o lançamento de uma nova gama de compressores desenvolvidos em parceria com a gigante alemã de engenharia Siemens, que estará disponível em Portugal a partir do início do próximo ano.

A EMAF – Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria, realiza-se de 23 a 26 de Novembro na Exponor, em Matosinhos.

O projecto conjunto que levou a Kaeser, um dos maiores fabricantes mundiais de sistemas de ar comprimido, e a Siemens a unirem esforços assenta num compressor de parafuso de velocidade variável que integra um motor de relutância, o que se traduz em ganhos de eficiência energética na ordem dos 10% no funcionamento do equipamento em carga parcial e na obtenção da classificação máxima no que respeita aos novos standards energéticos.

Na edição de 2016 da EMAF, onde a Kaeser Compressores terá em demonstração um leque de produtos e serviços orientados para os sectores da indústria, construção e tratamento de águas, estarão presentes não só os equipamentos, mas também as “respectivas ligações a um ambiente informático, cujo desempenho garante a introdução perfeita dos sistemas de ar comprimido Kaeser no universo da Indústria 4.0”, diz fonte institucional da Kaeser.

Um sistema único

Este projecto, no qual o motor e o variador de frequência formam um sistema único, vem estabelecer um novo standard na eficiência da produção de ar comprimido, em que os sistemas de accionamento deixam de considerar os componentes individuais de forma isolada, passando a oferecer uma visão do sistema como um todo.

“O resultado desta parceria reflecte um crescimento do entendimento entre profissionais desta área – já não é suficiente o motor e o variador de frequência terem, isoladamente, uma performance impressionante. Quando estes componentes funcionam em harmonia e com base em sistemas de accionamento completos, é possível alcançar uma redução das perdas de eficiência em cerca de 20%”, revela Rita Campos Cunha, directora da Kaeser Compressores.

A mesma responsável reforça que o fornecimento durável e económico de ar comprimido implica uma visão global de todos os requisitos, o que passa também pela integração do sistema com componentes de hardware e software.

“Caminhamos no sentido de integrar os sistemas de fornecimento de ar comprimido nos pressupostos da Indústria 4.0, ou seja, no entendimento claro de que todos os componentes devem comunicar não só entre si, mas também com servidores de elevado desempenho. Tal implica a promoção de um diálogo criativo entre máquinas, de forma a que se possa beneficiar de todas as possibilidades de poupança de energia e, assim, afectar positivamente o balanço energético das empresas”, explica Rita Campos Cunha.

Sigma Air Manager 4.0

Recorde-se que, recentemente, a Kaeser Compressores anunciou também a presença na EMAF 2016 da mais recente inovação que introduziu no mercado português – o Sigma Air Manager 4.0 (SAM 4.0) – uma tecnologia pioneira no mercado internacional do sector, capaz de prever avarias em compressores e demais equipamentos responsáveis pelo tratamento de ar comprimido, evitando assim custos de tempo de inactividade das máquinas e estragos subsequentes.

Enquadrado no âmbito da Indústria 4.0, o SAM 4.0 consiste num sistema de inteligência central que controla cada máquina individualmente e, através de monitorização em tempo real, é capaz de registar, transmitir e validar dados operacionais, o que permite introduzir medidas de manutenção preventivas no exacto momento em que estas são necessárias, assegurando, desta forma, ganhos de eficiência energética numa escala sem precedentes.

Presente em mais de 100 países, a Kaeser é uma multinacional alemã que conta, atualmente, com mais de 5000 colaboradores em todo o mundo. Em Portugal, prevê atingir um volume de negócios na ordem dos 5,2 milhões de euros, até ao final do ano.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Volume de capturas de pescado em Portugal diminui 29% em Abril de 2022

Partilhar              O volume de capturas de pescado em Portugal diminuiu 29% em Abril de 2022 (-31,3% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.