Início / Agricultura / José Maria da Fonseca planta 1 árvore por cada 10 rolhas de cortiça recolhidas na campanha “Vinhos que vão bem com o ambiente”

José Maria da Fonseca planta 1 árvore por cada 10 rolhas de cortiça recolhidas na campanha “Vinhos que vão bem com o ambiente”

A José Maria da Fonseca, de 5 de Junho, Dia Mundial do Ambiente, a 31 de Outubro, participa na campanha “Vinhos que vão bem com o ambiente”. O objectivo desta campanha é dar uma nova vida às rolhas de cortiça usadas, através da sua reciclagem, e contribuir para a reflorestação do território nacional com árvores autóctones.

Esta campanha irá decorrer nos supermercados aderentes (ver aqui), onde a marca terá espaços próprios em conjunto com os restantes produtores participantes, Monte da Ravasqueira, Lima & Smith e Lagoalva.

Nestes espaços serão disponibilizados mini-rolhões que os clientes podem levar para casa para juntar as rolhas usadas. Quando estiver cheio podem dirigir-se de novo à loja e depositar as rolhas no rolhão presente junto ao espaço da marca.

A entrega de rolhas é ilimitada e poderá ser realizada diversas vezes até ao término da campanha. Por cada 10 rolhas de cortiça recolhidas, 1 árvore será plantada. Este será o compromisso da marca.

Associada ao Green Cork, projecto coordenado pela Quercus de recolha de rolhas de cortiça para reciclagem em parceria com a Amorim, esta campanha pretende contribuir para a reciclagem das rolhas de cortiça e para a recuperação da floresta autóctone portuguesa.

“Tivemos conhecimento que o Green Cork, através do projecto “Floresta Comum”, fomenta e incentiva a criação de uma floresta com altos índices de biodiversidade e de produção de serviços ecológicos, promovendo, angariando e distribuindo árvores autóctones. Acreditamos neste projecto e decidimos participar nesta campanha de recolha de rolhas de cortiça utilizadas para lhes darmos uma nova vida e para contribuirmos para a recuperação da floresta autóctone portuguesa”, refere António Maria Soares Franco, administrador da José Maria da Fonseca com o pelouro comercial e de marketing.

E acrescenta: “preocupamo-nos, há vários anos, com o meio ambiente e esta campanha vem reforçar as nossas políticas e práticas no âmbito da sustentabilidade”.

Árvores plantadas no dia da floresta autóctone

O processo de reciclagem das rolhas usadas permite a sua reutilização numa variedade enorme de produtos, desde revestimentos, produtos de design ou até em transportes, tão variados como o metropolitano de Lisboa a vaivéns aeroespaciais.

Após a contagem das rolhas reunidas nos 5 meses da campanha, uma equipa de vários colaboradores da José Maria da Fonseca, bem como dos restantes produtores participantes, irá plantar as árvores no dia 23 de Novembro, dia da floresta autóctone.

Esta campanha vai viver nos supermercados, mas também fora deles. A José Maria da Fonseca vai colocar depósitos para recolha de rolhas nas suas instalações para que também os seus colaboradores possam fazer parte deste movimento. No seu enoturismo e restaurante, Wine Corner, serão disponibilizados depósitos para que clientes e visitantes possam participar. Nestes casos, a campanha não irá terminar em Outubro, mas passará a ser prática contínua.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Agricert: produção agrícola convencional “não pode continuar” a ser “o modo de produção”

Partilhar              “A produção convencional não pode continuar a ser “o modo de produção”. É necessário optar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.