Início / Agricultura / João Ponte: produções agrícolas tradicionais estão a crescer nos Açores

João Ponte: produções agrícolas tradicionais estão a crescer nos Açores

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 0
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, afirmou hoje, 26 de Julho, que as produções agrícolas tradicionais nos Açores estão em franco crescimento, conforme atestam os indicadores oficiais, desde logo obtidos através das candidaturas dos agricultores aos apoios do programa POSEI.

“Aqueles que são os indicadores do Governo Regional, que são oficiais e credíveis, dão conta que as produções tradicionais, como é o caso do ananás, da banana, dos produtos hortícolas, têm registado crescimentos muito significativos”, referiu João Ponte, algo que contradiz os dados hoje tornados públicos por um órgão de comunicação social, que indicam que a produção das principais culturas dos Açores caiu a pique.

Para João Ponte, notícias destas “desvirtuam a realidade e afectam negativamente a imagem positiva do sector agrícola”.

2018 foi um ano atípico

O governante reconheceu que 2018 foi um ano atípico, muito por força da seca que assolou os Açores, causando prejuízos em várias culturas, com maior incidência na batata e no milho forrageiro, mas o trajecto das produções agrícolas, sobretudo na área da diversificação agrícola, tem sido de crescimento e de aumento das produções.

“Se atendermos apenas aos últimos 4 anos as áreas de produção da diversificação agrícola cresceram 38%”, salientou João Ponte, acrescentando que no caso da banana a produção cresceu nos últimos dois anos 66%.

Relativamente ao chá e ao ananás as áreas de produção têm-se mantido estáveis nos últimos três anos, ao passo que as culturas da beterraba e do tabaco terminaram, a primeira em 2017 e a segunda em 2018.

Milho forrageiro

Já no caso do milho forrageiro e atendendo aos dados declarados no programa POSEI há uma superfície de 13 mil hectares, com uma produção real de 50 a 60 toneladas por hectare.

Por outro lado, o secretário Regional da Agricultura e Florestas frisou que a superfície agrícola nos Açores se tem mantido inalterável nos últimos anos, ou seja, não se tem verificado abandono de terras cultiváveis.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 0
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Associação de Proprietários Rurais contra “intenção de acabar com os cercados de caça maior”

Partilhar       0    A Associação Nacional de Proprietários Rurais Gestão Cinegética e Biodiversidade (ANPC) está preocupada com algumas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.