Início / Mar / Aquacultura / Jerónimo Martins aposta na aquacultura de salmão. Compra 10,1% da Andfjord Salmon

Jerónimo Martins aposta na aquacultura de salmão. Compra 10,1% da Andfjord Salmon

O Grupo Jerónimo Martins acaba de anunciar o investimento de 16,8 milhões de euros na aquisição de 10,1% da empresa norueguesa de produção sustentável de salmão, em aquacultura, Andfjord Salmon, empresa cotada na Euronext Growth sob a sigla ANDF.

A Andfjord Salmon tem uma licença para produzir, em Kvalnes, 10.000 toneladas de salmão MAB (máxima biomassa permitida no sistema de produção), o que corresponde a um objectivo de volume de produção anual de 19.000 toneladas HOG (peixe eviscerado). A Andfjord Salmon planeia colocar os juvenis (“smolt”) na sua primeira piscina em Kvalnes, Andøya, no final do corrente mês de Junho. Os trabalhos de construção das próximas piscinas (fase 2) em Kvalnes estão a avançar.

“A poucos dias do início da conferência dos Oceanos das Nações Unidas, em Lisboa, estamos a investir num projecto de negócio sustentável, promissor e verdadeiramente inovador que está totalmente alinhado com as nossas prioridades de responsabilidade corporativa. O projecto da Andfjord Salmon está focado no uso eficiente da tecnologia para produzir salmão – um produto estratégico para o nosso negócio – com menos impacto nos recursos naturais, contribuindo para a conservação e o uso sustentável do oceano, do mar e dos recursos marinhos”, afirma Pedro Soares dos Santos, presidente do conselho de administração e administrador executivo do Grupo Jerónimo Martins.

E acrescenta: “num desafiante contexto tanto de alta pressão sobre os stocks marinhos como de segurança alimentar, acreditamos que investir nesta produção inovadora e sustentável irá também funcionar para nós como um acelerador da nossa curva de aprendizagem no que diz respeito às melhores práticas de aquacultura”.

Com este investimento, feito através da sua subsidiária Jerónimo Martins Agro-Alimentar, o Grupo Jerónimo Martins torna-se, com 10,1% das acções da empresa, num dos maiores accionistas da Andfjord Salmon, situada na Ilha de Andøya no Arquipélago Ártico de Vesterålen, na Noruega.

“Estamos muito satisfeitos por atrair um investidor de uma indústria tão relevante para Andfjord Salmon. Consideramos uma vantagem ter um accionista que possuiu uma vasta competência em matéria de retalho alimentar internacional, marketing, logística e distribuição. Esperamos vir a conseguir beneficiar deste conhecimento quando estivermos prontos para comercializar o nosso salmão,” afirma Martin Rasmussen, CEO da Andfjord Salmon.

Aquacultura em terra

A Andfjord Salmon tem a ambição de desenvolver as instalações de aquacultura em terra mais sustentáveis e “fish-friendly” do Mundo. O sistema aberto de circulação da água (“flow through”) utilizado pela empresa é fundamental para recriar, em terra, o habitat natural e assim produzir salmão com um consumo de energia muito baixo e com a menor pegada carbónica possível.

O perfil de sustentabilidade da Andfjord Salmon “foi um factor importante” para o Grupo Jerónimo Martins, que “investe muito em produção e distribuição sustentáveis, decidir investir na empresa”.

“A abordagem do Grupo Jerónimo Martins à produção alimentar e às operações sustentáveis é bastante impressionante. Estamos orgulhosos que o Grupo tenha identificado a abordagem da Andfjord Salmon à aquacultura sustentável como adequada ao seu próprio portefólio agro-alimentar”, acrescenta Martin Rasmussen.

No âmbito do acordo, a Andfjord Salmon vai emitir e a Jerónimo Martins Agro-Alimentar vai subscrever 4.144.932 novas acções da Andfjord Salmon, o que corresponde a um encaixe equivalente a 16,8 milhões de euros.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Cotações – Cereais – Informação Semanal – 13 a 19 Junho 2022

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Cereais Outono-Inverno Esta semana foi dada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.