Início / Agricultura / Janeiro de 2021 marcado por menor produção de ovos e lacticínios

Janeiro de 2021 marcado por menor produção de ovos e lacticínios

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O mês de Janeiro de 2021 foi marcado por um maior volume de produção de frango e decréscimo nos ovos de galinha para consumo, e por uma menor produção de lacticínios, à excepção do leite em pó e da manteiga.

O volume de frango em Janeiro de 2021 aumentou 9,3%, com uma produção de 23.601 toneladas (-4,3% em Dezembro), tendo em número de cabeças registado um acréscimo de apenas 4,8% (+1,9% em Dezembro), consequência do peso médio dos animais ter sido significativamente superior.

Contrariamente, a produção de ovos de galinha para consumo registou um decréscimo de 7,5% (+11,0% em Dezembro) com 8.642 toneladas produzidas, refere o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Março de 2021.

Menor produção de lacticínios, à excepção do leite em pó e da manteiga

Quanto à recolha de leite de vaca em Janeiro de 2021 foi de 159,9 mil toneladas, o que indica uma variação negativa de 0,4% (-0,2% em Dezembro).

O volume de produtos lácteos teve uma redução de 7,5% (+3,8% em Dezembro), devido à menor produção de leite para consumo (-10,1%), nata para consumo (-6,2%), queijo de vaca (-0,3%) e leites acidificados (-0,1%).

Por oposição, houve uma maior produção de leite em pó (+7,2%) e de manteiga (+0,8%), acrescenta o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Março de 2021.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Agricultores do distrito de Leira marcam manif em Lisboa para 14 de Junho, dia de reunião de ministros da Agricultura da UE

Partilhar            A União dos Agricultores do Distrito de Leira (UADL) e a Confederação Nacional da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.