Início / Agricultura / Já conhece o site da Associação de Produtores Florestais de Ponte de Sôr? Formação notícias e muito mais

Já conhece o site da Associação de Produtores Florestais de Ponte de Sôr? Formação notícias e muito mais

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Aflosor — Associação de Produtores Florestais de Ponte de Sôr conta com 100 associados, 48 mil hectares de área associada, 51 mil ha de Zonas de Intervenção Florestal, 8.500 ha de área certificada pela FSC (Forest Stewardship Council), estando representada em 5 concelhos e, agora, conta também com uma página de Internet (aqui), onde promete apoiar todos os produtores florestais.

A Associação de Produtores Florestais de Ponte de Sôr conta com vários serviços, como os de acção formativa, como o curso de “Conduzir e Operar com o Tractor em Segurança [COTS]; modo de produção biológico; curso de motosserrista; agricultura sustentável ou boas práticas agrícolas e condicionalidade. Conheça toda a formação disponibilizada pela Aflosor aqui.

E, saliente-se, desde 2016 que alargou os seus serviços para área agrícola através da elaboração de candidaturas IFAP — Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (pedidos únicos), elaboração projectos agrícolas, apoio técnico na exploração agrícola e nos modos de produção certificados.

História:

1989
27 de Fevereiro

A Aflosor — Associação dos Produtores Agroflorestais da Região de Ponte de Sôr, é uma entidade de direito privado e foi constituída a 27 de Fevereiro de 1989, tendo como grandes objectivos a defesa dos interesses dos produtores florestais e o desenvolvimento de acções visando a valorização das florestas. Representa actualmente 100 associados e cerca de 48.000 ha nos concelhos de Ponte de Sôr, Avis, Mora, Gavião, Alter do Chão e concelhos limítrofes.

Relativamente à área associada, esta é maioritariamente ocupada por montado de sobro, representando cerca de 77% da área de floresta, surgindo também, com frequência, o eucaliptal, os pinhais bravo e manso e algum montado de azinho.

Participação na elaboração no Plano de Desenvolvimento Agrícola Regional (PDAR) da Região de Ponte de Sôr em colaboração com a Zona Agrária de Ponte de Sôr e o Instituto Superior de Agronomia.

1991

Implementação da metodologia de avaliação da qualidade da cortiça no campo em colaboração com o IPROCOR – Instituto de Promoción del Corcho (Mérida).

Elaboração da candidatura “LEADERSOR – Associação para o Desenvolvimento Rural Integrado do Sôr” ao programa comunitário LEADER, em 1991, e implementação do referido programa após a sua aprovação em 1992.

1992

Participação na elaboração da candidatura “Avaliação Ecológica do Montado de Sobro” ao programa comunitário “Agricultura e Agro-Indústrias, Incluindo Pescas”, conjuntamente com a comunidade científica de Portugal e de Espanha na área da investigação científica e tecnológica de desenvolvimento.

Realização do curso “Sessão de Formação de Guardas Florestais Auxiliares”.

1993

Projecto “Rede de monitorização da qualidade do ar no concelho de Ponte de Sôr” financiado pelo Programa Leader.

Constituição de um grupo de mecanização florestal no âmbito do Reg.(CEE) 867/90’, visando a prestação de serviços aos associados em relação ao controlo de matos e ao processamento de resíduos de origem florestal.

1994

Elaboração da candidatura e coordenação do Projecto “ FORMSUBER – Parceria Comunitária de Subericultura” em colaboração com a Direcção Geral das Florestas, Instituto Superior de Agronomia e IPROCOR, no âmbito do Programa Comunitário EUROFORM, que visou a organização de um curso de formação de técnicos especialistas em Montado de Sobro e a constituição de uma parceria transnacional vocacionada para a questão suberícola.

1997

Candidatura ao PAMAF – Medida 4, Ação 3 – “Reforço da Capacidade Técnica e de Gestão das Organizações de Agricultores”.

1998

Constituição de uma equipa de Sapadores Florestais, que visa ações de prevenção e vigilância a fogos florestais, na área do Sítio de Cabeção – Rede Natura 2000.

1999

Coordenação e desenvolvimento do projecto LIFE 99NAT/P/6441 – “Montados do Sítio de Cabeção: Gestão de Habitats e Espécies”, em parceria com a Direcção Regional de Agricultura do Alentejo, Direcção Regional do Ambiente e Ordenamento do Território do Alentejo, Universidade de Évora e Instituto de Conservação da Natureza, no âmbito do Programa Comunitário LIFE Natureza.

Este projecto visa o desenvolvimento e implementação de medidas de gestão que promovam a conservação de habitats de interesse comunitário, compatibilizando a mesma com a melhoria do rendimento económico das explorações. Para atingir este objectivo a AFLOSOR coordena a execução deste projecto em parceria com instituições públicas e privadas, do qual constam as seguintes acções:

  • Criação de instrumentos e medidas para uma correcta intervenção em áreas seleccionadas visando a sua utilização sustentável (levantamento, tratamento e actualização da informação);
  • Aplicação e avaliação de medidas de gestão que protejam e desenvolvam habitats e espécies de interesse comunitário;
  • Promover e avaliar o efeito da micorrização no sistema montado e seu contributo para a sustentabilidade;
  • Divulgar e promover as acções e medidas a implementar neste projecto bem como dos resultados obtidos;
  • Formação e educação ambiental dos agentes de conservação e populações locais.

2000

Participação no SICOP – “Sistema de Informação de Cotações de Produtos Florestais na Produção”, em parceria com a Direcção Geral das Florestas.

2001

Coordenação e execução de um projecto de candidatura ao Programa Comunitário INTERREG II – “Gestão Integrada dos Montados para o incremento da sua rentabilidade através do uso sensato dos recursos bravios”. Este projecto de cooperação transfronteiriça contempla os vários domínios do sistema montado, nomeadamente a componente arbórea, arbustiva e herbácea a componente bravia (introdução do corço), bem como a realização de acções de demonstração e a elaboração de um manual de boas práticas da gestão do montado.

Participação no projecto “Gestão Sustentável dos Sistemas Florestais Portugueses” no âmbito do PAMAF – Estudos Estratégicos, do qual é promotor a Federação Portuguesa de Produtores Florestais de Portugal, como prestadora de serviços na recolha de informação de base. O projecto pretende aplicar os critérios e os respectivos indicadores do processo Pan Europeu de Certificação.

2002

Criação de Um Núcleo Florestal da AFLOSOR em Mora no âmbito de uma candidatura ao programa AGRIS Acção 3 – Gestão Sustentável e Estabilidade Ecológica das Florestas – Sub-acção 3.1 – Instalação de Organizações de Produtores Florestais.

Curso de Formação Profissional de Segurança e Higiene do Trabalho Florestal e Curso de Formação Profissional em Gestão e Protecção da Floresta no âmbito de uma candidatura ao Programa AGRO – Medida 7 – Formação Profissional.

2003

Gestão de dois Parques de Madeira de Salvados no Concelho do Gavião no âmbito do Protocolo de Cooperação “Missão Parques de Recepção de Salvados” celebrado com o Ministério da Agricultura Desenvolvimento Rural e Pescas.

2004

Participação no projecto “CORCHIÇA – Estratégia de Cooperação entre empresas de cortiça para o desenvolvimento territorial do Alentejo e Estremadura Espanhola” no âmbito do programa INTERREG IIIA de Cooperação Transfronteiriça entre Portugal e Espanha.

2005

Participação no Projecto “Estudo preliminar dos requisitos necessários para a implementação de gestão florestal sustentável no montado de sobro da Charneca de Montargil” no âmbito do Programa LEADER +.

2006

Elaboração de um projecto no âmbito do Programa Leader + “Defesa do Meio Ambiente através da Protecção da Floresta” na óptica da Defesa da Floresta contra Incêndios.

2008

Certificação Florestal: Constituição do Grupo de Certificação AFLOCERT. Obtenção do certificado FSC em 16 de Setembro 2009.​

2009

Participação num projecto de “Sequestro de carbono em Pastagens Permanentes semeadas biodiversas ricas em leguminosas” com a Terraprima – Serviços Ambientais Lda.

2011

Elaboração e execução de um projecto florestal para compensação pelo abate de sobreiros para construção do Aeródromo de Ponte de Sôr em parceria com o Município de Ponte de Sôr.

Protocolo de Parceria com a UNAC – União da Floresta Mediterrânica e a AFN – Autoridade Florestal Nacional para Prospecção e Erradicação do Nemátodo da Madeira do Pinheiro.

Parceria com a UNAC – União da Floresta Mediterrânica e a Terraprima – Serviços Ambientais num projecto de “Sequestro de carbono por alteração de métodos de controlo de vegetação espontânea”.

2016

Alargamento dos serviços para área agrícola: elaboração de candidaturas IFAP (pedidos únicos), elaboração projectos agrícolas, apoio técnico na exploração agrícola e nos modos de produção certificados.

2017

Reconhecimento como entidade para Formação Profissional pela DGERT.

Desenvolvimento de acções de formação profissional sectoriais para a Agricultura: Conduzir e Operar Tractores em Segurança, Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos, Agricultura Biológica.

Desenvolvimento de acções de formação profissional de carácter geral: Contabilidade e Fiscalidade Agrícola, Podas e Desbastes em Sobreiros.

Parceira no Grupo Operacional OakRegeneration em que o INIAV é líder do consórcio.

Formação Acção de PME’s no âmbito do COMPETE2020 para as temáticas de Gestão Agrícola e Certificação da Gestão Florestal Sustentável.

2018

Aconselhamento agrícola e florestal nas explorações com a CAP —Confederação dos Agricultores de Portugal.

Líder de Consórcio no Grupo Operacional PLATISOR, consórcio para investigação do Platypus, juntamente com INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e PMEs.

2019

Adesão à Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, com a implementação sustentada dos ODS aplicados às nossas áreas de intervenção e dos nossos parceiros.

Conheça mais sobre o trabalho da Aflosor aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

PSD pede à ministra da Agricultura que esclareça atribuição de terrenos agrícolas em Idanha-a-Nova

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata (PSD) quer saber o que se passou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.