Início / Agricultura / IVV prevê campanha 2022/2023 com decréscimo de 9% na produção de vinho

IVV prevê campanha 2022/2023 com decréscimo de 9% na produção de vinho

O IVV — Instituto da Vinha e do Vinho estima que a produção de vinho na campanha 2022/2023 venha a atingir cerca de 6,7 milhões de hectolitros, o que se traduzirá num decréscimo de 9% face à campanha 2021/2022. Relativamente à média das cinco últimas campanhas, esta previsão representará um crescimento de 2%.

O decréscimo de produção, em relação à campanha anterior, é sustentado por 9 regiões vitivinícolas, destacando-se as regiões do Douro e Porto e de Lisboa com as maiores quebras percentuais, na ordem dos -20%, refere a Nota n.º 09/2022 do IVV.

É nas regiões do Minho (+10%) e das Terras de Cister (+10%) onde se antecipam os mais significativos crescimentos da produção, face à campanha anterior.

Na generalidade, as uvas apresentam um bom estado fitossanitário sem registo de doenças ou pragas, como consequência das condições climatéricas verificadas até à data. Contudo, a falta de água e as ondas de calor verificadas acentuam o stress hídrico e térmico, pelo que as condições climatéricas que se verificarem até à vindima, serão ainda determinantes na quantidade e qualidade da colheita.

Pode ler a Nota n.º 09/2022 – Previsão de colheita – Campanha 2022/2023 aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

DGAV actualiza zona afectada pela Língua Azul. Saiba quais os concelhos com vacinação obrigatória

Partilhar              A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária procedeu ao alargamento da zona afectada pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.