Início / Agricultura / Itália alarmada com nova praga da ferrugem do trigo

Itália alarmada com nova praga da ferrugem do trigo

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os produtores de trigo italianos estão em alerta. Meio século depois a praga da ferrugem do trigo está de volta. Em 2016, milhares de hectares foram afectados por uma nova variedade, na ilha da Sicília.

Investigadores da Universidade dinamarquesa de Aarhus e do Centro Internacional de Melhoramento de Milho e Trigo (CIMMYT) dizem ter detectado novas variedades de ferrugem, um fungo que ataca e pode destruir plantações inteiras.

Na Sicília, apareceu um tipo “único” de ferrugem do caule chamado TTTTF e os investigadores mostraram-se preocupados com o facto deste fungo infectar variedade de trigo que até há bem pouco tempo resistia à doença. O responsável pelo Centro de Referência Global sobre a Ferrugem do Trigo (GRRC), da Universidade de Aarhus, Mogens Hovmøller, em declarações à agência espanhola EFE, diz que, apesar de algumas aparições “esporádicas” no passado, o último surto na Sicília mostra que a ferrugem do caule “está de volta à Europa depois de cinquenta anos de ausência”.

O continente europeu é o segundo maior produtor de trigo, depois da Ásia, que está também a sofrer com esta praga, assim como algumas partes da África.

Os esporos da ferrugem-do-trigo espalham-se através do vento, e em 2017 o fungo pode vir a afectar as culturas de países vizinhos da Itália, como a Grécia, a Albânia, a Líbia e a Tunísia, alertaram os investigadores.

Fazil Dusunceli, fitopatologista da FAO, explica que a doença é particularmente preocupante para os pequenos agricultores no Norte de África, que, em conjunto, contribuem para uma grande parte da produção de trigo na região.

Recorrer a fungicidas

Segundo as investigações científicas, a aplicação desde muito cedo de fungicidas é fundamental para conter os surtos.

Mais de mil milhões de pessoas de países em desenvolvimento dependem do trigo como fonte de alimento e de rendimentos, segundo a FAO. Entretanto, também surgiu uma outra ameaça nalgumas zonas da Europa, África e da Ásia com o aparecimento de duas novas estirpes de outra doença – a ferrugem amarela –, embora ainda não seja claro o seu impacto potencial.

A ferrugem da folha de trigo é uma das doenças mais importantes na cultura do trigo a nível mundial. O agente causal da ferrugem da folha do trigo é o fungo Puccina triticina Erikss, da família Pucciniaceae.

Os principais sintomas da doença são evidenciadas nas folhas, aparecendo normalmente na superfície superior da folha, mas com epidemias severas as infecções podem ocorrer na bainha.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

PME austríaca procura fornecedores de couve-flor e brócolos ultracongelados

Partilhar            Uma pequena e média empresa (PME) austríaca, que produz e comercializa vegetais orgânicos, frescos e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.