Início / Agricultura / Investimento privado na agricultura duplica

Investimento privado na agricultura duplica

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em 2015, as empresas investiram, a nível mundial, mais de 4,1 mil milhões de euros (4,6 mil milhões de dólares) na agricultura e na indústria da comida, enquanto em 2014 tinham investido 2 mil milhões de euros (2,3 mil milhões de dólares). Apesar da quebra no crescimento na agricultura norte-americana, este foi um ano recorde no investimento privado no sector, revela um relatório da empresa de ‘venture capital’ AgFunder.

De acordo com a AgFunder, a maior parte do investimento foi para empresas de comércio online de produtos alimentares, uma área que absorve 36% do financiamento. Os sistemas de irrigação e distribuição de água recebem a segunda maior fatia do investimento, com 15%, mas o sector da agricultura biológica também atraiu mais atenção (e dinheiro) em 2015, diz a AgFunder.

Este ano “viu crescer a diversidade de investidores, mas também a diversidade nas tecnologias a chegar ao mercado. Os investidores mais relevantes a apostar nesta fileira incluem a Google Ventures, a Fundação Bill & Melinda Gates e a Kleiner Perkins Caufield & Byers, entre outros gigantes do ‘venture capital’, salienta o relatório.

Este aumento do investimento contrariou a tendência de abrandamento do mercado dos EUA, que vai para o seu terceiro ano de queda no investimento, enquanto grandes empresas como a Deere & Co ou mesmo a Monsanto enfrentam descidas nas vendas e cortes na mão de obra.

“Houve decididamente um movimento de quebra no mercado, num sentido mais lato, mas, no final de contas, a direcção da agricultura é no sentido de um futuro mais determinado pela tecnologia”, disse o CEO da AgFunder, Rob Leclerc, à agência noticiosa Reuters.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Preço médio do pescado descarregado cresce 11% em Julho de 2021 para 1,86 euros/kg

Partilhar              O preço médio do pescado descarregado — variável não resultante das capturas nominais mas sim …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.