Início / Agricultura / InovCluster na Alimentaria Barcelona uma das maiores montras europeias do agroalimentar

InovCluster na Alimentaria Barcelona uma das maiores montras europeias do agroalimentar

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A InovCluster, em parceria com a PortugalFoods, organizaram a participação de empresas portuguesas na Alimentaria Barcelona, um certame internacional dedicado ao agroalimentar, que decorreu entre os dias 16 e 19 de Abril.

A 22ª edição do certame contou com a participação de cerca de 60 empresas portuguesas e assumiu-se como uma verdadeira plataforma de internacionalização, potenciando inúmeros contactos bilaterais entre empresas e potenciais compradores.

Este é um dos maiores eventos europeus do sector que decorre a cada dois anos, reunindo profissionais não só do país vizinho, mas também de toda a Europa, África e América Latina, agregando mais de 4.000 expositores, sendo esperados acima de 150.000 visitantes, constituindo uma importante porta de entrada nos mercados europeus e mundial.

Em exposição

Em exposição estiveram produtos alimentares, hortícolas e bebidas de todo o mundo, esperando a InovCluster com esta iniciativa, possibilitar aos empresários oportunidades e resultados junto dos visitantes e compradores de mais de 70 países, entre os quais Argentina, Alemanha, Equador, Bélgica, Holanda, China e Rússia, entre outros.

Cláudia Domingues Soares, presidente da Inovcluster, afirma “a importância da sinergia de actuação da Inovcluster e da PortugalFoods ao nível do alinhamento da estratégia de promoção do sector agroalimentar” e acrescenta que “a Inovcluster vai continuar a apoiar as empresas na internacionalização dos seus produtos, actuando como uma plataforma dinamizadora do sector agroindustrial português”.

Lacto Serra

Para Ricardo Gomes, director-geral da Lacto Serra, este evento foi muito produtivo em relação à angariação de novos contactos, conhecimento das tendências do mercado Espanhol.

Joana Leão, técnica da ADPM, refere que o certame tem sido uma óptima experiência, permitindo a oportunidade de dar a conhecer os Queijos de Serpa internacionalmente.

Lívia Novais da Pessoa Wines, empresa jovem produtora de vinhos com sede em Castelo Branco, salienta que a feira tem grande potencial e pode vir a ajudar a empresa no mercado Espanhol, divulgando a marca, permitindo obter novos contactos.

Cacao Divine

Por sua vez, Nuno Jorge, sommelier da Cacao Divine diz que a Alimentaria é uma das melhores feiras internacionais, onde conseguem reunir contactos não só para o Mercado Espanhol mas para todo o mundo. A plataforma B2B estabelecida é muito importante pelo facto de permitir reuniões com importadores de diversas nacionalidades.

Segundo Filipe Simões, director executivo da Frueat, este certame constitui um momento estratégico para que o mercado português e espanhol sejam vistos como um único mercado, o Ibérico.

Esta participação insere-se no Projecto Conjunto de Internacionalização 2016/18, financiado pelo COMPETE 2020 e aposta numa lógica de continuidade naqueles que têm sido os mercados alvo do trabalho de Internacionalização da InovCluster.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Moura recebe entrega de equipamentos de prevenção de incêndios rurais no Baixo Alentejo

Partilhar              A cerimónia de entrega de equipamentos destinados à Protecção de Aglomerados Populacionais, no âmbito da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.