Início / Agenda / InovCluster lança Rota Turística e Gastronómica dos Queijos do Centro de Portugal

InovCluster lança Rota Turística e Gastronómica dos Queijos do Centro de Portugal

A InovCluster — Associação Agro-Industrial do Centro lança a Rota Turística e Gastronómica dos Queijos do Centro de Portugal no próximo dia 23 de Junho, em Castelo Branco, no Castelo Templário. A iniciativa conta com a criação de um webiste próprio e uma a APP da Rota que “pretendem ser o braço direito dos visitantes ao território”.

Num total de 43 aderentes, a Rota divide-se em nove roteiros e propõe mais de 50 experiências ligadas aos queijos nas três DOP: Serra da Estrela, Beira Baixa e Rabaçal.

Desde vestir a pele de pastores e acompanhar os rebanhos, à ordenha, passando por workshops de confecção de queijos, visitas às queijarias, provas de degustação, a experiências gastronómicas há um conjunto de propostas únicas e distintivas que permitem mergulhar nas entranhas dos territórios e perceber o porquê destes queijos com Denominação de Origem Protegida serem únicos, refere uma nota de imprensa da InovCluster.

Estas propostas estão, ainda, complementadas por outras experiências igualmente únicas, tais como visitas a museus, fábricas de burel, trilhos, castelos e aldeias.

Todos os aderentes estarão identificados com sinalética própria, a qual foi trabalhada por forma a garantir uma identidade representativa da autenticidade do produto turístico e com materiais sustentáveis, adianta a mesma nota.

Rota Turística e Gastronómica

A Rota Turística e Gastronómica dos Queijos do Centro de Portugal é uma “oferta turística sustentável e identitária, tendo como produto âncora, os Queijos com DOP do Centro: Serra da Estrela DOP, Beira Baixa DOP e Rabaçal DOP”, acrescenta a InovCluster.

Assim, esta Rota Turística e Gastronómica “é uma oportunidade para todos os que procuram usufruir de dias de descanso em contacto com a natureza e com o espaço rural, que procuram experiências distintivas e fortemente enraizadas nas culturas dos seus territórios e que privilegiam propostas que vão ao encontro da história, tradições, costumes e gastronomia mais identitária dos territórios”.

Com este projecto pretende-se comunicar de forma estruturada e em rede, por forma a ganhar escala e alcançar melhores resultados na captação de novos fluxos turísticos. A Rota Turística e Gastronómica dos Queijos do Centro de Portugal pretende, assim, contribuir para melhorar a atractividade do destino, estimulando a economia local e “sendo uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de território de baixa densidade”.

De igual forma, visa sensibilizar para a importância de consumir Queijos com DOP do Centro, “produtos altamente diferenciadores e de valor acrescentado, detentores de um património único, com uma profunda ligação ao saber fazer das suas gentes e com uma enorme importância para a economia de territórios de baixa densidade, assim como, para a preservação de paisagens, tradições e sabores”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Webinar “Impacto sócio-económico do olival no mediterrâneo” apresenta projecto europeu Artolio

Partilhar              A APPITAD — Associação de Produtores em Protecção Integrada de Trás-os-Montes e Alto Douro promove …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.