Início / Agenda / INIAV realiza Seminário Gripe das Aves a 3 de Novembro em Oeiras

INIAV realiza Seminário Gripe das Aves a 3 de Novembro em Oeiras

O INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária realiza o “Seminário Gripe das Aves”, no dia 3 de Novembro, entre as 8h45 e as 13h00, nas suas instalações em Oeiras, no auditório CAP.

Este evento conta com a participação da Médica Veterinária Renata Carvalho, da Divisão de Epidemiologia e Saúde Animal, Direcção de Serviços de Protecção Animal da DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária, que irá realizar uma intervenção sobre “Gripe aviária – vigilância e situação epidemiológica em Portugal e na Europa”.

A Gripe Aviária é uma infecção viral altamente contagiosa, causada por um vírus RNA pertencente à espécie influenza A. Pode afectar aves domésticas e selvagens, manifestando-se principalmente por sinais respiratórios, mas podendo apresentar outros quadros clínicos, dependendo principalmente da virulência do vírus e das espécies afectadas, refere a presidente da Sociedade Portuguesa de Ciências Veterinárias, Maria Anjos Pires.

E acrescenta que “estes vírus são divididos em alta e baixa patogenicidade [Gripe Aviária de Alta Patogenicidade (GAAP) e de Baixa Patogenicidade (GABP)] de acordo com a sua gravidade nas espécies aviárias que costumam infectar. Esta infecção pode causar situações epizoóticas em aves domésticas, com mortalidades elevadas e severas perdas económicas, podendo constituir também um bloqueio ao comércio internacional das aves e seus produtos”.

Surtos alastram na Europa

Maria Anjos Pires realça ainda que, durante o Inverno de 2021-2022, foi registado o maior número de surtos epidémicos da GAAP na Europa, em aves domésticas, selvagens e de cativeiro, com alguns surtos secundários, por disseminação entre explorações.

Por outro lado, observou-se a persistência do vírus GAAP em aves selvagens desde a onda epidémica de 2020-2021, pelo que se pode ter tornado endémico em populações de aves selvagens na Europa. Esta situação mostra que o risco sanitário deste vírus para aves, humanos e vida selvagem na Europa permanece durante todo o ano, com maior risco nos meses de Outono e Inverno.

“Em resposta a esta situação epidemiológica há necessidade da rápida implementação de estratégias de mitigação adequadas e sustentáveis, com medidas de biossegurança e estratégias de vigilância na natureza e nos diferentes sistemas de exploração de aves”, frisa a presidente da Sociedade Portuguesa de Ciências Veterinárias.

Programa e inscrições no “Seminário Gripe das Aves” aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Confagri lança série de 5 vídeos sobre “As Cooperativas e a Inovação na Agricultura”

Partilhar              A Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal quer …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.