Início / Agenda / “Infante D. Henrique” é a primeira Zona Livre Tecnológica em Portugal

“Infante D. Henrique” é a primeira Zona Livre Tecnológica em Portugal

A Marinha Portuguesa e a Agência Nacional de Inovação (ANI) apresentam a primeira Zona Livre Tecnológica (ZLT) reconhecida pelo Governo português, pelas 10h30 do dia 19 de Julho, no Centro de Experimentação Operacional da Marinha, em Tróia.

A ZLT “Infante D. Henrique” vai testar sistemas de segurança e defesa não tripulados e outras tecnologias em ambientes de subsuperfície, superfície (terrestre e molhado) e aéreo.

A apresentação ficará a cargo do almirante Henrique Gouveia e Melo, Chefe do Estado-Maior da Armada (CEMA), em conjunto com Joana Mendonça, presidente da ANI. A cerimónia será presidida por Helena Carreiras, ministra da Defesa Nacional, e por António Costa Silva, ministro da Economia e do Mar.

Segue-se uma visita às instalações e uma demonstração naval (estática e dinâmica) de veículos não tripulados.

A ANI é a entidade responsável por coordenar e gerir as ZLT e lançou o processo de manifestações de interesse em Dezembro de 2021.

Zona Livre Tecnológica

As Zonas Livres Tecnológicas consistem em ambientes físicos, geograficamente localizados, em ambiente real ou quase-real, utilizados para a realização de testes e experimentação (apoio e acompanhamento das respectivas entidades competentes) decorrentes de:

  • Desenvolvimento de novas tecnologias e soluções;
  • Produtos, serviços e processos inovadores de base tecnológica;
  • Modelos transversais e integrados (isto é, que cruzem mais do que um sector e possam estar, por isso, sujeitos a regulação e reguladores distintos).

As Zonas Livres Tecnológicas contribuem para:

  • Posicionar o País como líder em I&D;
  • Atrair investimento estrangeiro;
  • Potenciar projectos de dimensão internacional;
  • Promover os recursos portugueses;
  • Estimular o ecossistema empreendedor;
  • Incentivar a cooperação;
  • Contribuir para a criação de conhecimento.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Consulta pública sobre Acordo Comercial UE-Canadá termina a 25 de Abril

Partilhar              A Comissão Europeia tem em curso, até dia 25 de Abril de 2024, uma consulta …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.