Início / Agricultura / INE prevê queda de 40% na produção de azeite da campanha de 2022

INE prevê queda de 40% na produção de azeite da campanha de 2022

As previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE), em 31 de Janeiro de 2023, apontam para uma produção de azeite, na campanha de 2022, a rondar os 1,375 milhões de hectolitros (cerca de 126 mil toneladas), o que corresponde a uma diminuição de 40% face à campanha anterior.

Ainda assim, dizem os técnicos do INE que “num ano com condições meteorológicas e hidrológicas muito desfavoráveis e após a produção recorde de azeite de 2021 (com 2,29 milhões de hectolitros), a produção de 2022 deverá ser a quarta maior de sempre”.

Acrescentam as previsões agrícolas do INE que “a conjugação de um ano de contra-safra com condições hidrometeorológicas adversas (altas temperaturas e seca extrema) e ataques tardios de gafa e de mosca da fruta (por ausência de tratamentos), determinaram uma redução na produção de azeite, mais acentuada nos olivais tradicionais”.

De um modo geral, o azeite produzido apresenta boa qualidade, com baixa acidez e boas características organoléticas, dizem os técnicos do INE, realçando que, “mesmo num ano tão adverso e exigente para a produção de azeite como foi 2022, deverá ser alcançada a quarta maior produção de sempre, apenas abaixo das de 2021, 2019 e 2017”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Agrogaia promove visita a quintas de agricultura biológica. Participação gratuita com transporte assegurado

Partilhar              O projecto Agrogaia realiza a primeira visita a duas quintas biológicas — Quinta do Ameal …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.