Início / Agricultura / INE: disponibilidade forrageira nos prados e pastagens assegura a maioria das necessidades dos efectivos

INE: disponibilidade forrageira nos prados e pastagens assegura a maioria das necessidades dos efectivos

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE), em 31 de Março, consideram que a disponibilidade forrageira nos prados e pastagens assegura a maioria das necessidades dos efectivos.

Avança o INE no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Abril de 2021 que a disponibilidade de água nos solos, em consequência da precipitação do mês de Fevereiro, conjugada com o aumento das temperaturas médias de Março, promoveu o abundante desenvolvimento vegetativo dos prados, pastagens e culturas forrageiras.

O aumento da disponibilidade da matéria verde conduziu a que, na maioria das explorações pecuárias de regime extensivo, as necessidades forrageiras das diferentes espécies fossem totalmente satisfeitas com o pastoreio, estando a utilização de fenos, palhas, silagens e/ou alimentos concentrados restrito a situações específicas e em quantidades inferiores às da campanha anterior.

Ao longo do mês foram efectuados cortes de áreas forrageiras para silagem, nomeadamente o primeiro corte em azevéns e o corte das forragens instaladas em áreas destinadas às culturas de Primavera/Verão.

Março quente e muito seco

O mês de Março caracterizou-se, em termos meteorológicos, como quente e muito seco. A temperatura média do ar, 12,6º C, foi 0,7º C superior ao valor normal 1971-2000, com particular destaque para os últimos dias do mês, onde foram registados valores históricos de temperatura máxima e mínima em diversas estações meteorológicas.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Azeite – Informação Semanal – 13 a 19 Setembro 2021

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas O Instituto Nacional de Estatística (INE) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.