Início / Agricultura / Índice de preços de produtos agrícolas no produtor sobe 12,6% nos suínos

Índice de preços de produtos agrícolas no produtor sobe 12,6% nos suínos

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O índice de preços de produtos agrícolas no produtor, em Junho de 2019, registou uma variação positiva nos suínos (+12,6%), ovinos e caprinos (+2,0%), plantas e flores e bovinos (ambos com +0,1%), revela o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Julho de 2019, do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Batata cai 28%

Por outro lado, verificou-se um decréscimo no índice de preços da batata (-27,9%), azeite a granel (-13,6%), ovos (-12,3%), frutos (-9,0%), hortícolas frescos (-4,7%) e aves de capoeira (-4,0%).

Variação mensal

Em relação ao mês anterior, refere ainda o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Julho de 2019, verificou-se um acréscimo no índice de preços dos hortícolas frescos (+16,7%), suínos (+5,8%), aves de capoeira (+2,8%), azeite a granel (+1,5%) e ovos (+0,9%).

Em queda estiveram o índice de preços da batata (-44,9%), frutos (-8,2%), plantas e flores (-7,6%), ovinos e caprinos (-6,7%) e bovinos (-0,1%), acrescentam os técnicos do Instituto Nacional de Estatística.

O Boletim mensal

O Boletim Mensal da Agricultura e Pescas divulga um conjunto de informação conjuntural relativa ao sector primário.

A estrutura desta publicação proporciona, através de dados, gráficos e tabela disponibilizados, uma oportunidade de acompanhar estas temáticas e analisar a evolução através das séries cronológicas apresentadas. A análise qualitativa é acompanhada por alguns elementos gráficos.

Pode consultar o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Julho de 2019 completo aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Agricultores do distrito de Leira marcam manif em Lisboa para 14 de Junho, dia de reunião de ministros da Agricultura da UE

Partilhar            A União dos Agricultores do Distrito de Leira (UADL) e a Confederação Nacional da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.