Início / Agricultura / In Arboriam. Iniciativa da Servilusa já plantou 10.600 árvores

In Arboriam. Iniciativa da Servilusa já plantou 10.600 árvores

A iniciativa In Arboriam da Servilusa, em todo o ano de 2021,  garantiu a plantação de 6.600 árvores e soma já um total de 10.641 árvores, plantadas no âmbito deste “projecto de responsabilidade social”, iniciado pela empresa em Setembro de 2020 e que “permitiu já a compensação de 2.400 toneladas de carbono na atmosfera”.

Segundo uma nota de imprensa da empresa, o projecto desenvolvido pela Servilusa em Portugal, em parceria com a Tree-Nation, uma ONG que se dedica ao reflorestamento do planeta, tem como finalidade plantar uma árvore física por cada serviço funerário realizado, como forma de “homenagem aos falecidos e também em benefício das gerações presentes e futuras”.

O In Arboriam é um projecto pioneiro no sector funerário, através do qual a Servilusa desafia todos os amigos ou familiares do falecido que se queiram associar, para se juntarem à iniciativa para oferecerem também árvores para a floresta udiana (um lugar virtual que reúne todas as árvores de tributo em memória de uma pessoa), cuja evolução pode ser acompanhada on-line, aqui.

Esta iniciativa da Servilusa “visa aproximar as famílias das suas memórias e raízes, contribuindo assim para a gestão do luto de amigos e familiares. Promovendo uma grande floresta udiana, de homenagem aos defuntos e à sua memória, torna-se igualmente uma acção de impacto positivo no ambiente, à escala global, como aposta na redução da pegada de carbono da empresa, esperando plantar mais de 50 mil árvores nos próximos anos”, realça a mesma nota.

Plantações em Madagáscar e Nepal

As plantações têm sido efectuadas em Madagáscar e no Nepal, locais onde existem “projectos estáveis e comprovados de reflorestação, visando também a componente social de apoio às populações locais” Existem esforços no sentido de poder replicar esta acção em locais mais próximos, nomeadamente em Portugal”.

Em paralelo com a criação de “um grande bosque em homenagem à memória de todos os falecidos, esta iniciativa da Servilusa serve também o combate às alterações climáticas e proporciona algum apoio às populações dos locais onde se realizam as plantações, envolvendo-as nos trabalhos de plantação e remunerando-os pelo seu envolvimento”, acrescenta a mesma nota.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

APDEA faz X Congresso na Escola Superior Agrária de Coimbra

Partilhar              O X Congresso da Associação Portuguesa de Economia Agrária (APDEA) e o IV Encontro Lusófono …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.