Início / Agricultura / IKEA une a retalhistas mundiais no combate às alterações climáticas

IKEA une a retalhistas mundiais no combate às alterações climáticas

O Grupo Ingka (IKEA), com a ambição de ser uma empresa com um impacto positivo no clima até 2030, juntou-se a três outros retalhistas mundiais, H&M Group, Kingfisher plc e Walmart, na co-fundação da campanha “Race to Zero Breakthroughs: Retail Campaign”.

Liderada pelo World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), esta campanha tem o apoio das Nações Unidas, através da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (UNFCCC), e dos “Climate Champions COP26”.

As quatro empresas de retalho, co-fundadoras desta iniciativa, comprometem-se assim a apoiar e a impulsionar as acções climáticas no sector, bem como a encorajar outros retalhistas a traçarem os seus objectivos, alinhados com as metas definidas no Acordo Climático de Paris, refere uma nota de imprensa do Grupo Ingka.

A “Race to Zero Breakthroughs: Retal Campaign” surge em resposta ao estado do sector do retalho, que enfrenta desafios sem precedentes devido às alterações climáticas, acentuados agora pela pandemia da Covid-19, sendo “imperativo tomar medidas para limitar o aquecimento a 1,5°C. Apesar das iniciativas de algumas marcas líderes, não existe uma estratégia de descarbonização no sector, estando apenas 5% das empresas de retalho publicamente comprometidas a tomar medidas para limitar o aquecimento global”, acrescenta a mesma nota.

Para Peter Bakker, presidente e CEO do WBCSD, a organização que lidera a campanha, “esta campanha é um apelo aos retalhistas de todo o Mundo para que tomem medidas climáticas ambiciosas à medida que reconhecem cada vez mais os riscos colocados pelas alterações climáticas nas suas operações e cadeias de abastecimento. Precisamos de mais retalhistas para se juntarem à “Race to Zero”, da UNFCCC, e a mostrarem liderança e empenho, como fazem o Grupo Ingka (IKEA), Grupo H&M, Kingfisher e Walmart”.

Um apelo à acção dos retalhistas

As empresas de retalho podem juntar-se ao movimento “Race to Zero” estabelecendo objectivos com base científica, trabalhando para reduzir para metade as emissões de gases com efeito de estufa, até 2030, e comprometendo-se a atingir emissões líquidas de carbono zero até 2050. A “Race to Zero Breakthroughs: Retal Campaign” ajuda os retalhistas a atingir estes objectivos, partilhando orientações específicas do sector, bem como networking e boas-práticas.

A campanha terá também como parceiros associações de comércio, através da partilha de ferramentas e recursos, e aceleração da adopção de roadmaps que permitam alcançar a neutralidade carbónica.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Seafood Expo Global junta mais de 2.000 empresas expositoras de frutos do mar em Barcelona

Partilhar             more  ​​A Seafood Expo Global/Seafood Processing Global, a maior feira de frutos do mar do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.