Início / Empresas / III Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim debate Turismo Azul Sustentável

III Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim debate Turismo Azul Sustentável

O último painel do III Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim abordou a necessidade de afirmação do Turismo Azul Sustentável, “área de investimento prioritário” para Município da Póvoa de Varzim e consagrada no Plano Estratégico 2020-2030.

O jornalista poveiro Pedro Cruz, director da TSF, moderou, “de modo muito dinâmico e desafiante”, um debate no qual os oradores explicaram qual a real janela de oportunidade económica deste tipo de turismo e qual o seu alcance num mercado cada vez mais global, refere a autarquia da Póvoa de Varzim em nota de imprensa.

Leonor Picão, directora coordenadora da Direcção de Valorização da Oferta do Turismo de Portugal, considera que a sustentabilidade é “o único caminho possível” para a “cadeia de valor desta área, que é muito vasta e alargada”. A oradora recordou que este sector “se viu obrigado a parar durante a pandemia, mas tal funcionou, igualmente “como oportunidade para a elaboração do Plano Turismo +Sustentável 2020-2023”, que visa formar profissionais nesta área e, paralelamente, ajudar as empresas a crescer com lente azul, respeitando os princípios fundamentais da economia circular e da mobilidade sustentável.

Potencial “descurado” da economia do mar

Na sua intervenção, o administrador da AEP — Associação Empresarial de Portugal, Paulo Vaz, falou do potencial até agora “descurado” da economia do mar em Portugal, que devia “ser um eixo de progresso relevante na nossa economia, mas que não tem tido o desenvolvimento que merecia e não tem cumprido as expectativas aí depositadas num forte contributo para o desenvolvimento económico do país”. Para o administrador da AEP, é necessário promover o investimento local e global na economia azul, gerando emprego e riqueza num sector “claramente reprodutivo e que está manifestamente aquém do seu potencial”.

A concluir o painel, José Maria Ferreira respondeu afirmativamente à questão “é possível viver na água?” com exemplos práticos de projectos produzidos pela empresa da qual é CEO, a Ecosteel. Esta empresa de referência sediada no concelho da Póvoa de Varzim e que se encontra actualmente a apostar na criação sustentável de casas-barcos, junta a liberdade de movimento, a necessidade de viajar e exportar com o respeito pela natureza.

Para José Maria Ferreira, actualmente, “a nossa casa já não é para a vida toda e, no futuro, teremos de ter uma nova forma de estar na habitação”, que reflicta o avanço tecnológico, em sinergia com a necessidade de “deixarmos uma baixa pegada ecológica” e um planeta melhor para as gerações vindouras.

O III Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim encontra-se a decorrer, no Hotel Axis Vermar, até ao dia de hoje. A participação é aberta e gratuita a todos os interessados. Consulte o programa completo do III Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim, aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Aplog promove formação para executivos sobre importância da logística no comércio internacional

Partilhar              A Aplog – Associação Portuguesa de Logística está a organizar uma “Formação para Executivos – …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.