Início / Agricultura / IFAP pagou 1,7 mil milhões de euros e agricultores em 2016

IFAP pagou 1,7 mil milhões de euros e agricultores em 2016

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O IFAP – Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, durante o ano de 2016, procedeu a pagamentos que ascenderam a um montante total de cerca de 1,7 mil milhões de euros.

No âmbito dos apoios ao Desenvolvimento Rural, o IFAP salienta, em Outubro, a antecipação dos adiantamentos de três medidas Agro–Ambientais (Agricultura Biológica, Produção Integrada e Conservação do Solo) e da medida Manutenção da Actividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas. Em Novembro, foi, ainda, antecipado o adiantamento dos Pagamentos Natura.

Em Dezembro de 2016, além da “realização integral dos pagamentos previstos no calendário indicativo de pagamentos publicitado no Portal”, o IFAP procedeu à antecipação do pagamento de três medidas Agro–Ambientais, cuja realização estava prevista para Janeiro de 2017: Agricultura Biológica, Produção Integrada e Culturas Permanentes Tradicionais.

Face ao ano anterior foram, igualmente, antecipados para Dezembro os pagamentos de saldo das medidas Manutenção da Actividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas e Agro–Ambientais: Conservação do Solo e Recursos Genéticos – Manutenção de Raças Autóctones.

Primeira prestação do Greening

Relativamente aos Pagamentos Directos, o IFAP salienta o pagamento da primeira prestação do Greening em Dezembro, uma evidente melhoria relativamente a 2015, que dá continuidade à evolução verificada em outubro, com a realização, pela primeira vez, de adiantamentos do Regime de Pagamento Base e do Pagamento para os Jovens Agricultores.

Do conjunto das transferências efectuadas, o IFAP destaca os seguintes pagamentos:

Feaga – 947,1 milhões de euros

Feader – 629,8 milhões de euros

Pescas – 59 milhões de euros
Crédito e Seguros –— 17,0 milhões de euros

Para informações detalhadas consulte os Calendários de Pagamentos.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Ambição Agro 2020-30. António Costa: “robustecer sector agrícola nacional é fundamental para recuperar economia”

Partilhar            O primeiro-ministro António Costa afirmou que para recuperar e a economia e torná-la mais resiliente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.