Início / Agricultura / IFAP paga 81 milhões de euros de apoios em Março de 2024

IFAP paga 81 milhões de euros de apoios em Março de 2024

IFAP — Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas informa que, durante o mês de Março de 2024, procedeu a pagamentos num montante total de cerca de 80,7 milhões de euros, valores ainda previsionais.

Dos pagamentos realizados o IFAP destaca os seguintes:

FEAGA

  • PEPAC Continente
    • Apoio ao Rendimento Base (A.1.1) – 3,5 milhões de euros
    • Apoio Redistributivo Complementar (A.2.2) – 2,6 milhões de euros
    • Agricultura Biológica (A.3.1) – 4,9 milhões de euros
    • Melhorar a eficiência alimentar animal (A.3.4) – 3,1 milhões de euros
    • Bem Estar Animal e Uso Racional de Antiomicrobianos (A.3.5) – 624,9 mil euros
    • Reestruturação e Conversão de Vinhas (B.3.4) – 1,2 milhões de euros
  • POSEI
    • Produções Vegetais – 8,7 milhões de euros

FEADER

  • PEPAC Continente
    • Uso eficiente da água (C.1.1.1.2) – 2,9 milhões de euros
    • Montados e Lameiros (C.1.1.2.1) – 9,8 milhões de euros
  • PEPAC Madeira
    • Apoio a zonas com condicionantes naturais ou específicas (F.6) – 1,0 milhão de euros
  • PDR2020
    • Investimento – 25,5 milhões de euros
    • Manutenção da Actividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas – 2,6 milhões de euros
  • PRORURAL+
    • Investimento – 1,8 milhões de euros
  • PRODERAM2020
    • Investimento – 2,1 milhões de euros

FEAMP/FEAMPA

  • MAR2020
    • Continente – 2,3 milhões de euros

CRÉDITOS E SEGUROS

  • PEPAC Continente
    • Seguros (C.4.1.1) – 4,4 milhões de euros

Adianta o IFAP que, no âmbito da Intervenção A.3.5 foram pagos os pedidos de pagamento com candidatura apenas ao “Bem Estar Animal” ou ao “Uso Racional de Antimicrobianos”.

Os pedidos de pagamento acumulando o “Bem Estar Animal” e o “Uso de Antimicrobianos” serão pagos em momento posterior. Acresce que o diferencial entre o montante agora determinado e o que decorria do valor previsto na Portaria n.º 54-E/2023, incluindo o ecorregime “Bem Estar Animal e Uso Racional de Antimicrobianos”, será pago no âmbito da Medida Temporária de Compensação (Portaria n.º 72/2024), cujas candidaturas se encontram a decorrer no âmbito do Pedido Único (PU) 2024.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Presidente da Confagri: “é urgente que Governo diga se vai revogar passagem das DRAP para as CCDR”

Partilhar              O presidente da Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas, Idalino Leão, já esteve reunido …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.