Início / Agricultura / Horizonte 2020: cinco PME inovadoras portuguesas recebem 50 mil euros cada

Horizonte 2020: cinco PME inovadoras portuguesas recebem 50 mil euros cada

São cinco as empresas seleccionadas em Portugal e que vão beneficiar do financiamento da fase 1 do Instrumento PME para estudos de viabilidade para novos produtos disruptivos, no âmbito do programa Horizonte 2020: RVE.SOL, Agroinsider, Ground Drone, InnoWave Techonologies e Sparos. Cada uma recebe um apoio de 50.000 euros.

No âmbito da fase 1 do Instrumento PME do Programa Horizonte 2020, foram seleccionadas para financiamento, no último período de apresentação de propostas, 184 pequenas e médias empresas (PME) de 28 países, entre os quais Portugal, totalizando 176 projectos e 8,8 milhões de euros de financiamento.

A fase 1 do Instrumento PME prevê um financiamento de 50.000 euros para os beneficiários de cada projecto, para suportar estudos de viabilidade de novos produtos que revolucionem o mercado. Os proponentes podem igualmente solicitar até três dias de orientação empresarial gratuita (coaching).

Desde o lançamento do programa, a 1 de Janeiro de 2014, foram seleccionadas 2.024 PME no âmbito da fase 1 do Instrumento PME, das quais 54 são portuguesas. O Instrumento PME é executado através de um convite à apresentação de propostas com quatro datas-limite por ano, sendo o dia 15 de Fevereiro de 2017 a  próxima data-limite para a fase 1.

Refira-se que, no âmbito da Enterprise Europe Network, o CEC – âmara de Comércio e Indústria do Centro actua como key acount manager ajudando os beneficiários de projectos do Instrumento PME a identificar os desafios que enfrentam, as suas necessidades de coaching e também a seleccionar o coach.

As empresas portuguesas:

RVE.SOL – Soluções de Energia Rural, de Leiria, que pretende potenciar uma solução híbrida portátil para o fornecimento de energia e conversão de resíduos em energia (projecto Kudura);

Agroinsider, de Évora, uma PME que apresentou um projecto (AgroRadar) que prevê a utilização de novos algoritmos e modelos para analisar os dados de observação da Terra no âmbito do programa Copernicus em benefício da agricultura de precisão;

– Ground Drone Unipessoal, do Funchal, que desenvolve um sistema robótico destinado a democratizar o controlo de movimento durante a realização de filmes e vídeos (projecto Ground Drone);

InnoWave Technologies, de Lisboa, que aspira prestar a qualidade da experiência através do teste automatizado de dispositivos (projecto InnSpect loT);

Sparos, de Olhão, que pretender desenvolver uma nova dieta de desmame destinada a optimizar o rendimento das larvas de camarão de piscicultura (projecto MYSIS).

Mais informações sobre o Instrumento PME aqui. Sobre os serviços da Enterprise Europe Network de apoio às PME inovadoras pode consultar aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

Boletins com Recomendações de Rega do Milho. Semana de 13 a 29 de Maio de 2024

Partilhar              A Anpromis — Associação dos Produtores de Milho e Sorgo de Portugal informa que estão …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.