Início / Agricultura / Herbicidas com bromoxinil proibidos a partir de 17 de Setembro de 2021

Herbicidas com bromoxinil proibidos a partir de 17 de Setembro de 2021

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A comissão Europeia não renovou a aprovação da substância activa bromoxinil, utilizada em herbicidas. Regulamento (UE) 2020/1276 entrou em vigor no dia 17 de Setembro de 2020 e a DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária vai proceder ao cancelamento das autorizações de venda de produtos fitofarmacêuticos contendo bromoxinil, não podendo estes ser comercializados ou distribuídos após 17 de Junho de 2021 e utilizados após a data de 17 de Setembro de 2021.

Os herbicidas com a substância activa bromoxinil têm sido utilizados, por exemplo, contra as infestantes dicotiledóneas nas culturas de centeio, cevada, milho, sorgo e trigos.

Mas, a Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos identificou “um risco para as crianças residentes devido às utilizações representativas do bromoxinil, mesmo tendo em conta as medidas de atenuação disponíveis”.

A Autoridade identificou igualmente um risco elevado para os mamíferos selvagens devido à exposição alimentar ao bromoxinil.

Número insuficiente de alternativas químicas disponíveis

No seu relatório científico, a Autoridade concluiu que, “embora para algumas utilizações do bromoxinil e em alguns Estados-membros possa haver um número insuficiente de alternativas químicas disponíveis, existe uma vasta gama de métodos preventivos e curativos não químicos e que, muitas vezes, é possível combinar métodos químicos e não químicos”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

1.ª edição da Digital Agrifood Summit Portugal termina com compradores internacionais de 61 países

Partilhar            A Cimeira Internacional Agroalimentar Digital (Digital Agrifood Summit Portugal), realizada entre 20 e 23 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.