Início / Agricultura / Viticultura / Há mais de 1.200 produtos com o selo da Marca Açores

Há mais de 1.200 produtos com o selo da Marca Açores

O vice-presidente do Governo dos Açores realçou hoje, 6 de Maio, em Angra do Heroísmo, a “adesão muito significativa dos produtores açorianos” ao processo de certificação de produtos regionais com o selo da Marca Açores.

Sérgio Ávila falava na cerimónia de assinatura de um protocolo com a INSCO, através da qual a empresa, que já vende nos seus espaços comerciais várias dezenas de produtos com aquele selo, passará a disponibilizar mais, agora na área dos legumes e dos frescos, num total superior a três centenas.

“Os produtores açorianos vêem na Marca Açores uma valorização dos seus produtos”, disse o vice-presidente, acrescentando ter ouvido, minutos antes, um empresário revelar uma subida de 30% na sua facturação graças ao selo identificador da marca.

Na sua intervenção, Sérgio Ávila reiterou a aposta continuada do Governo Regional no selo da Marca Açores e confirmou o seu alargamento a grandes superfícies no mercado nacional, “através de uma forte campanha de promoção”, designadamente na comunicação social.

Sonae recebe Marca Açores

“Está fechada com o Grupo Sonae uma presença muito forte, no mês de Setembro, nas superfícies comerciais Continente”, revelou, precisando que essa presença terá a designação ‘Os Açores chegam ao Continente’ e que a expetativa é a de colocar diariamente os produtos açorianos ao alcance de 4,5 milhões de consumidores.

Para Sérgio Ávila, “o desafio que se irá colocar agora é o da capacitação da produção regional para aceder a este significativo aumento da procura que se irá registar”.

O vice-presidente insistiu ainda na importância de se consumirem produtos açorianos na Região, instando cada Açoriano a “pensar nesta ideia quando optar por um produto”.

“É um contributo que dá também ao crescimento do emprego nos Açores e, com ele, um contributo para o desenvolvimento da nossa Região”, frisou Sérgio Ávila.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 

Verifique também

IVV prevê campanha 2022/2023 com decréscimo de 9% na produção de vinho

Partilhar              O IVV — Instituto da Vinha e do Vinho estima que a produção de vinho …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.