Início / Agricultura / Gripe Aviária controlada no concelho de Mértola

Gripe Aviária controlada no concelho de Mértola

A Freguesia de Mértola teve, no dia 18 de Fevereiro, o registo de um foco de Gripe Aviária numa capoeira doméstica. A Câmara Municipal de Mértola garante que a situação está controlada no concelho e informa que todas as análises, de todas as capoeiras domésticas, deram negativo.

No dia seguinte à detecção do foco, a Directora de Serviços da DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária/Alentejo, conjuntamente com a Médica Veterinária Municipal de Mértola, iniciaram de imediato, o trabalho de vigilância activa.

“Após maior esclarecimento e sensibilização do proprietário da capoeira doméstica infectada, teve lugar a occisão sanitária das aves, que ainda restavam, e à sua correcta eliminação, assim como a imediata limpeza e desinfecção do local”, refere a autarquia.

Na área de protecção num raio de 3 km da instalação afectada, procederam-se à recolha de amostras nas explorações para análise e divulgação aos munícipes do Edital nº11 da DGAV sobre a Gripe Aviária, assim como de dois folhetos informativos e com aconselhamentos da DGAV, “Gripe aviária e “7 passos para manter a Gripe das Aves fora da sua capoeira”.

Desde ontem, 22 de Fevereiro, a divulgação referida terá lugar primeiramente na zona de protecção de 10 Km da “capoeira doméstica infectada”, alargando-se depois a todas as Localidades do Concelho de Mértola.

A articulação com o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) “para o habitual trabalho conjunto, de informação, sensibilização e fiscalização já se iniciou domingo, assim como com a Autoridade de Saúde Concelhia, no que aos possíveis reflexos na saúde humana diz respeito, já que a gripe aviária é uma doença de declaração obrigatória e quando há exposição de modo prolongado e estreito com aves infectadas, a doença pode ameaçar seriamente a saúde humana”, acrescenta a autarquia de Mértola.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Suinicultores preocupados e perplexos face ao ‘desaparecimento” da Secretaria de Estado da Agricultura

Partilhar              A direcção da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores expressa a sua “preocupação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.