Início / Agricultura / GPP dedica revista Cultivar ao investimento na agricultura. Leia aqui

GPP dedica revista Cultivar ao investimento na agricultura. Leia aqui

O GPP — Gabinete de Planeamento Políticas e Administração Geral, do Ministério da Agricultura, já publicou a edição n.º 25 da publicação Cultivar – Cadernos de Análise e Prospectiva, dedicada ao tema do investimento na agricultura, enquanto elemento central nas políticas públicas dedicadas ao sector agrícola.

A reflexão sobre este tema indicia que se verifica uma tendência na restruturação do perfil do investimento e do investidor no sector agrícola e a sua relação com os custos intermédios, diz fonte institucional do GPP.

E realça que “esta situação e aconselha a uma actuação progressiva na alteração dos incentivos ao investimento tradicionais. Em particular tem sido constatada a externalização de serviços o que leva, em muitos casos, a uma transferência das opções de investimento, nomeadamente no caso dos equipamentos, para soluções de contratação externa”.

Os contributos proporcionados pelos artigos desta edição, acrescenta o GPP, “evidenciam as fragilidades do modelo actual e a necessidade e capacidade dos agricultores procurarem respostas e caminhos alternativos. A tendência de restruturação ao nível do investimento decorre assim da racionalidade, necessidades de eficiência e flexibilidade sentidas pelos agricultores, sendo promotora de ganhos económicos e ambientais”.

No entanto, “o sentido dessas necessárias mudanças não será consensual”, colocando-se um conjunto de questões ao nível do modelo de apoio ao investimento, cuja resposta pode ajudar a melhorar os instrumentos de incentivo ao investimento na competitividade.

Contudo, para o GPP, “esse caminho tem limites, considerando a crescente integração na PAC [Política Agrícola Comum] de objectivos para a melhoria do desempenho ambiental e social, adicionando novas dimensões de análise para o destino dos recursos públicos de apoio ao investimento, os quais passam, em parte, a estar mais relacionados com a resiliência das explorações do que com a sua eficiência”.

Salientando a relevância dos contributos multidisciplinares reunidos nesta edição da Cultivar para o tema, destaca-se:

  • Análise da evolução da composição do investimento na economia portuguesa e na agricultura, em particular;
  • Análise sobre a modificação da gestão agrícola em Portugal nos últimos anos;
  • Diagnóstico da agricultura portuguesa, internamente e no âmbito da União Europeia;
  • Panorâmica das mais recentes tendências do investimento em novas tecnologias agroalimentares;
  • Abordagem das necessidades e desafios que se colocam ao sector agrícola e que conduziram ao actual processo de transformação digital;
  • Experiência sobre questões relacionadas com a gestão de uma empresa agrícola e estudos de caso em torno do investimento feito em explorações agrícolas;
  • Síntese dos apoios ao investimento na exploração agrícola no âmbito da Medida 4 de apoio ao desenvolvimento rural pelo FEADER;
  • Análise da recente regulamentação europeia sobre promoção do investimento sustentável (a chamada Taxonomia).;

Pode ler a edição n.º 25 da publicação Cultivar aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Suinicultores preocupados e perplexos face ao ‘desaparecimento” da Secretaria de Estado da Agricultura

Partilhar              A direcção da FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores expressa a sua “preocupação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.