Início / Agricultura / Governo vai obrigar rótulos de carne de porco a referir a origem

Governo vai obrigar rótulos de carne de porco a referir a origem

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, anunciou que o Governo vai obrigar a rotular a carne de porco “com a origem do produto, para que os consumidores, quando vão comprar carne de porco, saibam se é porco importado ou nacional”, num seminário sobre produção de leite no Entre Douro e Minho, em Braga.

Capoulas Santos acrescentou que também já apelou à indústria de lacticínios para que, nos pacotes de leite, queijo e manteiga, seja “claramente posta a identificação nacional”, eventualmente até a bandeira nacional.

A rotulagem “na carne do porco, será obrigatória: temos base legal para essa imposição. Nos produtos lácteos, a regulamentação comunitária não nos permite uma determinação com essa clareza, mas nada impede à indústria de o fazer”, disse o ministro.

Em relação às importações destes produtos, Capoulas Santos disse que vai ser apertada a fiscalização, para que os produtos entrem em Portugal respeitando as regras da União Europeia.

Os sectores da carne de porco e do leite vivem uma crise de sobre-produção, nomeadamente na sequência do fecho do mercado russo a estes produtos da União Europeia por razões políticas.

Capoulas Santos recordou que o Governo está a trabalhar numa linha de crédito de 20 milhões de euros para acudir aos problemas de tesouraria e endividamento dos empresários dos sectores do leite e da suinicultura.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

CNA e Via Campesina: Reforma da PAC “não serve a agricultura familiar e o mundo rural”

Partilhar            A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e a Coordenadora Europeia Via Campesina (ECVC), “numa primeira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.