Início / Agricultura / Governo Regional dos Açores prepara pacote de apoios para modernização da indústria de lacticínios

Governo Regional dos Açores prepara pacote de apoios para modernização da indústria de lacticínios

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do Governo Regional anunciou ontem, 5 de Março, em Ponta Delgada, que o Executivo açoriano vai criar um pacote de apoios para a modernização da indústria de lacticínios dos Açores.

“Estamos a promover os processos para abrir as candidaturas a apoios à indústria para a sua modernização, a partir do mês de Junho”, declarou José Manuel Bolieiro, no Palácio de Sant´Ana, após uma audiência com a direcção da Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL).

O presidente do Governo salientou a importância do “diálogo e da concertação entre os vários segmentos desta indústria”, de forma a criar um espaço de relacionamento entre fileiras.

“O aumento de rendimentos do sector dos lacticínios nos Açores faz-se, com certeza, por uma racionalização dos custos de contexto, quer na produção, quer na indústria, quer eventualmente na comercialização, como também no potencial de introduzir valor acrescentado ao produto, para que o rendimento possa ser superior e redistribuído”, disse ainda aquele governante.

Nesse sentido, assegurou que vai encarregar o titular da pasta da Agricultura “de encontrar no Centro Açoriano de Leite e Lacticínios esta plataforma de entendimento, dando-lhe novas dinâmicas sobre como promover o estudo sobre o leite”.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Agricultores do distrito de Leira marcam manif em Lisboa para 14 de Junho, dia de reunião de ministros da Agricultura da UE

Partilhar            A União dos Agricultores do Distrito de Leira (UADL) e a Confederação Nacional da Agricultura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.